Governo vai apoiar estudantes universitários em atividades de investigação científica

17 de Junho 2020

O Governo vai disponibilizar uma verba até três milhões de euros para apoiar estudantes universitários em atividades de investigação científica e estágios formativos em laboratórios, entre 01 de julho e 30 de outubro, indicou hoje o ministério da Ciência.

O apoio será dado através de bolsas de investigação científica e de ação social escolar, ao abrigo da iniciativa “Verão com Ciência”, lançada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) no contexto da pandemia da covid-19, em colaboração com a Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), ambas tuteladas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior.

À Lusa, a assessoria de imprensa do ministério adiantou que o total do apoio financeiro a conceder através das bolsas ascende até três milhões de euros, não podendo os beneficiários acumular as duas bolsas.

As candidaturas estão abertas até 26 de junho e devem ser enviadas para a FCT.

A iniciativa “Verão com Ciência” visa apoiar atividades de investigação e formação superior, como estágios em centros científicos ou instituições publicas e privadas, e promover a qualificação de jovens em tempo de crise sanitária e económica.

A FCT, principal entidade que subsidia a investigação científica em Portugal, financiará bolsas para atividades presenciais de formação e investigação em institutos politécnicos e universidades, em articulação com laboratórios científicos e com a possibilidade de estágios em instituições públicas ou privadas.

A DGES estenderá, com o mesmo propósito, o prazo do apoio previsto nas bolsas de ação social escolar (destinadas a alunos universitários mais carenciados) ativas no corrente ano letivo.

As atividades terão uma duração de três meses, devendo complementar ações de formação existentes e prever estágios em equipas de investigação com projetos em curso.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Luís Montenegro: “Concordo com a necessidade de valorizar a carreira dos bombeiros e estamos a trabalhar nisso”

Hoje, no debate sobre o estado da nação, o primeiro-ministro respondeu a Inês Sousa Real que concorda que é necessário valorizar a carreira dos bombeiros, mas o Governo está “a trabalhar nisso”, e garantiu que não está desatento à violência doméstica, tendo já avançado com um despacho para a criação de um grupo de trabalho “transversal” no âmbito do apoio à vítima.

Utentes do Médio Tejo elogiam nova Unidade Local de Saúde

Os utentes da saúde do Médio Tejo (CUMST) elogiaram na terça-feira os resultados obtidos com a nova Unidade Local de Saúde (ULS), que agrega a gestão dos cuidados primários e hospitalares, tendo defendido a divulgação dos dados do primeiro semestre.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights