Brasil com 1.271 mortos e mais de 47 mil casos em 24 horas

26 de Agosto 2020

O Brasil somou 1.271 mortes e 47.134 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, com as autoridades a investigarem a possível ligação de 2.868 óbitos com a doença, informou hoje o executivo.

De acordo com o Ministério da Saúde, o país sul-americano totaliza agora 116.580 óbitos e 3.669.995 casos de infeção pelo novo coronavírus, que está com uma taxa de letalidade de 3,2% no Brasil.

A taxa de incidência da doença em território brasileiro é de 55,5 óbitos e de 1.746,4 casos por cada 100 mil habitantes.

Segundo o executivo, 2.848.395 pessoas já recuperam da doença no país, que tem 210 milhões de habitantes, e 705.020 infetados continuam sob acompanhamento médico.

São Paulo continua a liderar a lista de unidades federativas mais afetadas pela pandemia no Brasil, com 765.670 infetados e 28.912 óbitos.

Seguem-se os estados da Bahia, que concentra 240.939 casos confirmados e 5.051 mortes, e o Rio de Janeiro, que totaliza 214.003 pacientes diagnosticados com o novo coronavírus e 15.560 vítimas mortais desde o início da pandemia, que foi registada oficialmente no país em 26 de fevereiro.

De acordo com um consórcio formado pela imprensa brasileira, que decidiu colaborar na recolha de informações junto das secretarias de Saúde estaduais, o país registou 1.215 mortes e 46.959 novos infetados nas últimas 24 horas.

No total, o consórcio constituído pelos principais media do Brasil indicou que o país contabiliza 3.674.176 casos e 116.666 vítimas mortais desde o início da pandemia.

Possíveis casos de reinfecção pelo novo coronavírus estão a ser investigados no Brasil, nos estados de São Paulo, Bahia, Goiás e Minas Gerais, por universidades e autoridades de saúde locais, segundo a imprensa local.

A possibilidade de reinfeção pelo novo coronavírus voltou a ser uma possibilidade após investigadores da Universidade de Hong Kong terem divulgado, na segunda-feira, o caso de um homem de 33 anos, natural daquela região administrativa especial chinesa, que tornou a estar infetado.

Também especialistas holandeses e belgas confirmaram hoje a identificação de pelo menos um caso de reinfeção pelo novo coronavírus nos respetivos países.

A pandemia de Covid-19 já provocou pelo menos 813 mil mortos e infetou mais de 23,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Luís Montenegro: “Concordo com a necessidade de valorizar a carreira dos bombeiros e estamos a trabalhar nisso”

Hoje, no debate sobre o estado da nação, o primeiro-ministro respondeu a Inês Sousa Real que concorda que é necessário valorizar a carreira dos bombeiros, mas o Governo está “a trabalhar nisso”, e garantiu que não está desatento à violência doméstica, tendo já avançado com um despacho para a criação de um grupo de trabalho “transversal” no âmbito do apoio à vítima.

Utentes do Médio Tejo elogiam nova Unidade Local de Saúde

Os utentes da saúde do Médio Tejo (CUMST) elogiaram na terça-feira os resultados obtidos com a nova Unidade Local de Saúde (ULS), que agrega a gestão dos cuidados primários e hospitalares, tendo defendido a divulgação dos dados do primeiro semestre.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights