Açores com mais um infetado e duas recuperações de Covid-19

3 de Setembro 2020

Os Açores registaram nas últimas 24 horas um caso positivo de Covid-19 na ilha Terceira e há ainda a assinalar duas recuperações em São Miguel.

Segundo o comunicado diário emitido pela Autoridade de Saúde Regional na sequência das “1.557 análises realizadas nos dois laboratórios de referência da região nas últimas 24 horas, foi diagnosticado um caso positivo de Covid-19 na ilha Terceira e foram registadas duas recuperações”.

O caso diagnosticado refere-se a um homem com 66 anos que “desembarcou na região em 28 de agosto proveniente do continente americano e obteve resultado negativo no teste de despiste ao vírus SARS-CoV-2 realizado à chegada e resultado positivo no teste de despiste após o sexto dia”.

Este novo caso “apresenta situação clínica estável e foram já diligenciados, pela Delegação de Saúde Concelhia, os procedimentos definidos para caso confirmado, testagem e vigilância de contactos próximos”, segundo a Autoridade de Saúde dos Açores.

De registar ainda duas recuperações na ilha de São Miguel, correspondentes a um homem de 39 anos e uma mulher com 58 anos, elevando para 158 os casos recuperados de Covid-19 no arquipélago

Até ao momento, foram detetados na região 227 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença Covid-19, verificando-se atualmente 29 casos positivos ativos, dos quais 25 na ilha de São Miguel, três na ilha Terceira e um na ilha do Pico.

Desde o início do surto, morreram 16 pessoas na região, todas em São Miguel.

A pandemia do novo coronavírus já provocou pelo menos 857.824 mortos e infetou mais de 25,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Expansão do modelo ULS

Fernando Araújo é um dos autores de um artigo publicado na revista “Frontiers in Public Health”, em maio deste ano, que explica a história e perspetiva o futuro do modelo ULS.

Cérebro humano consegue distinguir vozes deepfake de vozes reais

Os nossos cérebros processam vozes naturais e vozes deepfake de forma diferente? Pesquisas realizadas na Universidade de Zurique indicam que sim. Num novo estudo, investigadores identificaram duas regiões cerebrais que respondem de maneira distinta a vozes naturais e a vozes deepfake.

Solidão e problemas de saúde mental estão interligados

Os resultados de um estudo realizado por investigadores da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia (NTNU), da Universidade de Oslo, da UiT Universidade do Ártico da Noruega, da OsloMet, do Hospital Universitário de Oslo e do Hospital Innlandet e publicados na BJPsych Open, mostram que pessoas solitárias têm maior probabilidade de tomar medicação para depressão, psicose e outros distúrbios mentais.

Pressão arterial elevada associada a pior cognição em adolescentes

Adolescentes com pressão arterial elevada e rigidez arterial podem experienciar funções cognitivas mais fracas, de acordo com um estudo recente finlandês realizado por investigadores das universidades de Jyväskylä e de Eastern Finland, ambas na Finlândia.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights