Técnicos de diagnóstico e terapêutica concentram-se no Faial como forma de protesto

8 de Setembro 2020

Os Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica dos Açores vão protestar esta quarta-feira em frente à Assembleia Legistaliva Regional do Faial, entre as 12h00 e as 15h00, contra o “não agendamento de uma reunião para dar resposta à contraproposta feita pelo Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica (STSS).”

Estes profissionais consideram que a proposta do Governo Regional dos Açores ficou “muito aquém” do que foi negociado com outras carreiras da saúde na região.

Os profissionais exigem a “aplicação imediata da revisão da carreira dos TSDT” na Região Autónoma dos Açores e a alteração ao Decreto-Lei 25/2019, de 11 de fevereiro, que contenha “transições justas para os TSDT nas três categorias da carreira” e uma “grelha salarial equiparada a outras carreiras da Administração Pública”, com o mesmo nível habilitacional e profissional.

Lutam, ainda, para que todo o tempo de serviço e a avaliação de desempenho anterior ao processo de transição para a carreira especial dos TSDT releve para efeitos de progressão e alteração de posição remuneratória o correto descongelamento de todos TSDT efetuado na nova tabela salarial, independentemente do vínculo laboral. Está ainda em cima da mesa a aplicação integral do Acordo Coletivo de Trabalho publicado no Jornal Oficial da Região Autónoma dos Açores – II Série, nº 8, de 11 de janeiro de 2019.

Fernando Zorro, Vice-Presidente do STSS, lamenta “apesar do respeito que os profissionais TSDT têm pela saúde dos açorianos, o Governo Regional não lhes deixa outra solução senão avançarem para novas formas de luta”.

PR/HN/Vaishaly Camões

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Viseu necessita de seis pediatras para reabertura de urgência

O diretor clínico da administração demissionária da Unidade Local de Saúde (ULS) Viseu Dão-Lafões admitiu hoje a necessidade imediata de seis pediatras para o normal funcionamento do serviço de urgência daquela especialidade que está encerrado ao exterior no período noturno.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights