Lar da Mitra em Lisboa regista mais três casos positivos após concluir testagem

23 de Setembro 2020

O Lar da Mitra, da Santa da Casa Misericórdia de Lisboa (SCML), regista um total de 34 pessoas infetadas com covid-19, 17 colaboradores e 17 utentes, mais três casos do que na terça-feira, disse hoje à Lusa a instituição.

De acordo com o gabinete de imprensa da SCML, os 130 testes de despiste à covid-19 já foram todos concluídos, tendo-se verificado mais três resultados positivos na manhã de hoje.

A SMCL acrescenta que os novos casos são de colaboradores externos.

Na terça-feira, o lar registou um surto de covid-19 com 31 pessoas infetadas, das quais 14 colaboradores e 17 utentes, um dos quais com sintomas, tendo sido hospitalizado.

Segundo o gabinete de imprensa da SCML, “a situação está neste momento a ser monitorizada e já foi ativado o plano de contingência”, tendo as autoridades locais sido alertadas e realizados 130 testes de despiste à covid-19, incluindo a colaboradores externos.

A SCML não tem, para já, informações da gravidade do estado de saúde do utente internado, mas dos 31 casos positivos era o único que apresentava sintomas.

Não está ainda identificada a origem do surto e, apesar dos 14 colaboradores infetados, a SCML garante que o normal funcionamento do lar não está comprometido.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 965.760 mortos e mais de 31,3 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.925 pessoas dos 69.663 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Carlos Cortes defende que SNS tem de continuar a formar médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos defendeu esta segunda-feira em Setúbal que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) tem a obrigação de continuar a formar médicos, mesmo que muitos deles continuem a sair, a custo zero, para o setor privado. 

IL critica “cegueira ideológica” da geringonça na saúde

O presidente da IL, Rui Rocha, responsabilizou esta segunda-feira a “cegueira ideológica” da geringonça pelo estado do SNS, a poucos metros do secretário-geral do PCP, Paulo Raimundo, que insistiu na valorização das carreiras dos médicos.

Acesso à PrEP alargado aos cuidados primários e farmácias

A prescrição do medicamento usado para prevenir a infeção por VIH vai ser alargada aos cuidados primários, organizações comunitárias, consultas realizadas nos setores social e privado, e podem ser dispensados em farmácias comunitárias, anunciou esta segunda-feira o Ministério da Saúde.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights