Esta é a segunda vez que as farmacêuticas Sanofi Genzyme e Regeneron lançam a Bolsa global “Agents of Change”. Com o valor de 10 mil dólares (cerca de 8.600 euros), o incentivo tem como objetivo “dar resposta à incerteza associada à Dermatite Atópica”.

De acordo com as duas farmacêuticas, a Dermatite Atópica representa um desafio para doentes e familiares. “As pessoas com dermatite atópica e com quem elas convivem enfrentam diariamente muitas incertezas, nomeadamente a lidar com os seus sintomas imprevisíveis e frequentemente graves.”

Esta doença caracteriza-se pela “forma mais comum de eczema”. Os especialistas referem que a Dermatite Atópica é uma doença inflamatória crónica da pele, causada em parte pela inflamação do tipo 2 excessiva, e que tem efeitos visíveis, como o prurido, a comichão, descamação e feridas.

Os especialistas alertam ainda que a doença tem “muitos, se não mais, efeitos invisíveis”. “Segundo um estudo português divulgado este mês, as pessoas que vivem com esta doença gastam em média 44 minutos diários para tratar a sua doença e cerca de metade dos doentes com DA grave refere que passa mais de 14 noites mal dormidas por mês. Cerca de 40% dos doentes portugueses sente-se bastante envergonhado com a sua doença, e mais de um terço refere sentir vergonha, ansiedade e frustração.”

É neste sentido que a iniciativa pretende “encontrar soluções que possam ajudar a resolver os principais desafios das pessoas que vivem com dermatite atópica (DA) e ajudá-las a enfrentar a incerteza diária da sua condição.”

Os interessados em apresentar a candidatura devem consultar mais informações Aqui.

PR/HN

Share This