Ana Barata
Médica de Família; Membro da candidatura da Lista “NOVA APMGF” para os órgãos sociais da APMGF no triénio 2021-23.

A Nova APMGF, irá manter e reforçar colaboração com a WONCA

12/11/2020 | CSP

 

O ano de 2020 foi um ano de “reviravolta” para todos nós – a nossa capacidade de execução, liderança e gestão foi posta à prova atendendo todas as contingências que a pandemia trouxe consigo.

A nível internacional o impacto foi ainda mais marcante… no decorrer do ano viu-se como os vários sistemas de saúde se organizaram para responder às necessidades e, nesse contexto, a rede mundial de médicos de família ainda se tornou mais forte. A organização mundial de médicos de família, WONCA, tem vindo a desenvolver soluções à distância através de webinars, de modo a promover a continuidade de transmissão e de discussão de conhecimentos e evidências. Através dos seus grupos de estudo, a WONCA tem vindo a procurar ir ao encontro das necessidades locais e globais, ao mesmo tempo que estabelece laços mais fortes com outras organizações, como é o caso da Organização Mundial de Saúde.

No âmbito dos internos e jovens médicos de família, é certo que algumas atividades foram bastante prejudicadas com todo este contexto, nomeadamente os intercâmbios que, infelizmente, tiveram de ser suspensos. No entanto, também se procuraram desenvolver iniciativas dinâmicas que vão desde webinars ao estabelecimento de grupos de apoio para internos e jovens médicos de família.

Integrando a Nova APMGF, será uma das missões desta lista a manutenção da colaboração com a WONCA, tanto a nível mundial, como a nível da WONCA Europe, WONCA CIMF (Confederación Iberoamericana de Medicina Familiar), bem como do grupo de internos e jovens médicos de família, nomeadamente o grupo representativo da região europeia da WONCA – Movimento Vasco da Gama.

Na Nova AMPGF iremos também procurar alargar e reforçar parcerias com sociedades congéneres internacionais de médicos de família, especialmente com a sociedade espanhola, semFYC. Procuraremos simultaneamente promover o desenvolvimento da Medicina Geral e Familiar nos diferentes países, particularmente nos PALOP, visando o estabelecimento e o reforço dos cuidados de saúde primários em todos os países.

Acreditamos na Medicina Geral e Familiar. Acreditamos que com a equipa da Nova APMGF iremos conseguir trabalhar a nível internacional para uma Medicina Geral e Familiar abrangente e de qualidade.

 

Share This