“As autoridades alemãs classificaram Moselle como zona de circulação da variante (…) o que implica normalmente medidas extremamente restritivas de quase encerramento das fronteiras (…) não queremos isso”, disse Clément Beaune à rádio France Inter.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.518.080 mortes no mundo, resultantes de mais de 113,3 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

LUSA/HN

Share This