05/04/2021 | Covid 19, Mundo, Notícias

China regista maior aumento de novos casos em mais de dois meses, 32 infeções em 24 horas

A China detetou no domingo 32 novos casos de Covid-19, incluindo 15 de contágio local na província de Yunnan, no sudoeste do país, palco de um surto da doença, anunciaram esta segunda-feira as autoridades de saúde.

Com os 15 novos casos em Yunnan, a região, que faz fronteira com Myanmar (antiga Birmânia), Laos e Vietname, conta já com 48 infeções desde terça-feira, quando foi declarado um novo surto.

As autoridades chinesas isolaram a localidade Ruili e iniciaram uma campanha de testes e vacinação de toda a população, cerca de 300 mil habitantes.

Os restantes 17 novos casos foram diagnosticados, nas últimas 24 horas, em viajantes provenientes do estrangeiro nas cidades de Pequim (norte), Xangai (nordeste), e nas província de Shaanxi (centro), Sichuan (centro), Jiangsu (leste), Tianjin (nordeste), Mongólia Interior (norte), Zhejiang (leste) e Fujian (sudeste).

A Comissão de Saúde da China adiantou que o número total de casos ativos é de 238, incluindo dois em estado grave.

Desde o início da pandemia da Covid-19, o país registou 90.305 casos da doença e 4.636 mortos.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.847.182 mortos no mundo, resultantes de mais de 130,6 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.879 pessoas dos 823.335 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This