A iniciativa apoiada pela AstraZeneca resultou da troca de conhecimento e experiência de médicos de diferentes especialidades: Medicina Geral e Familiar, Imunoalergologia e Pneumologia. O projeto agrega as principais recomendações para referenciar um doente asmático para cuidados diferenciados.

Neste sentido, o documento versa três domínios essenciais na referenciação: Dúvidas no diagnóstico e situações particulares incluindo idade pediátrica, outras doenças alérgicas ou necessidade de exames diferenciados; Dificuldade em atingir o controlo ou sinais de gravidade na avaliação clínica e Questões relacionadas com o tratamento: da ausência de resposta às complicações/efeitos secundários.

A nova ferramenta teve origem no programa Precision – uma iniciativa da AstraZeneca a nível global com o intuito de melhorar a gestão da asma grave e disponibilizar os melhores cuidados de saúde a estes doentes. Contou com os contributos do Dr. Rui Costa, especialista em Medicina Geral e Familiar, da Prof.ª Doutora Cristina Lopes Abreu e da Prof.ª Doutora Helena Pité, Imunoalergologistas, e do Dr. Nuno Pires, Pneumologista.

A distribuição do One Page: Guia de Referenciação na Asma será feita junto dos profissionais de saúde em diversas iniciativas formativas de divulgação e através de vários canais de comunicação.

PR/HN/Vaishaly Camões

Share This