31/05/2021 | Covid 19, Nacional, Notícias

Açores com 23 novos casos, todos diagnosticados na ilha de São Miguel

Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, 23 novos casos positivos de covid-19, todos em São Miguel, e 23 pessoas recuperaram da doença, mas há mais três pessoas internadas, anunciou esta segunda-feira a Autoridade de Saúde Regional.

De acordo com a Autoridade de Saúde açoriana, os novos casos na ilha de São Miguel foram diagnosticados “em contexto de transmissão comunitária” e são resultantes de 945 análises realizadas nos laboratórios de referência da região.

Por concelhos, a Ribeira Grande regista hoje 11 novos casos (três em Rabo de Peixe, seis na Ribeirinha, um na Matriz e um no Porto Formoso).

Também no concelho de Ponta Delgada foram detetados, nas últimas 24 horas, 11 novos casos (dois nos Arrifes, dois nas Capelas, dois na Relva, um em São Sebastião, um em São Pedro, um em Santa Clara, um na Fajã de Baixo e um em Fenais da Luz).

No concelho de Vila Franca do Campo há um novo caso em Ponta Garça.

Nas últimas 24 horas registou-se um total de 21 recuperações na ilha de São Miguel.

A Autoridade de Saúde açoriana informa que hoje estão internados 12 doentes (mais três do que no domingo), todos no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, em São Miguel, com dois destes em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI).

O arquipélago conta presentemente com 289 casos positivos ativos, sendo 288 em São Miguel e um no Faial.

“Não há cadeias de transmissão local ativas, sendo que foram extintas 203”, lê-se no comunicado, acrescentando que “em vigilância ativa estão hoje 1.396 pessoas”.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 5.559 casos positivos de Covid-19, tendo recuperado da doença 5.107 pessoas e falecido 33.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 3.543.125 mortos no mundo, resultantes de mais de 170,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.023 pessoas dos 848.658 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This