12/08/2021 | Covid 19, Lusa, Nacional, Notícias

Açores com 32 novos casos e 46 recuperações nas últimas 24 horas

Os Açores registaram, nas últimas 24 horas, 32 novos casos de Covid-19, 46 pessoas recuperaram da doença e 11 pacientes estão internados, anunciou esta quinta-feira a Autoridade Regional de Saúde.

No boletim diário, aquela entidade esclarece que, na sequência das 868 análises realizadas nos laboratórios de referência da região, apenas as ilhas de São Miguel, Terceira e Pico registaram casos: 27, quatro e um, respetivamente.

Por concelhos, em São Miguel, a ilha mais afetada pela pandemia da Covid-19, Ponta Delgada tem 13 novos casos, Ribeira Grande nove, Povoação três e Lagoa dois casos.

Na ilha Terceira, surgiram três casos no concelho de Angra do Heroísmo e um no da Praia da Vitória, enquanto na ilha do Pico foi um viajante, não residente, que obteve resultado positivo à chegada.

A Autoridade Regional de Saúde registou 46 recuperações, sendo 28 em São Miguel, 17 na Terceira e uma em São Jorge.

Estão internados 11 doentes nos hospitais dos Açores, oito dos quais no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, e três no Hospital de Santo Espírito, da Ilha Terceira.

A região possui 519 casos ativos, sendo 426 em São Miguel, 52 na Terceira, 24 no Faial, oito em São Jorge, cinco no Pico e quatro em Santa Maria.

Estão ativas sete cadeias de transmissão local primária, sendo duas no Pico, duas em São Jorge, duas em Santa Maria e uma partilhada entre Faial e São Jorge, tendo sido extintas 223 e estando em vigilância 1.491 pessoas.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 8.201 casos positivos de Covid-19, tendo recuperado da doença 7.487 pessoas, faleceram 38, saíram do arquipélago 89 e 68 apresentaram prova de cura anterior.

Desde 31 de dezembro de 2020 e até 09 de agosto, foram vacinadas nos Açores 155.446 pessoas com a primeira dose (65,7%) e 145.691 com vacinação completa (61,6%), no âmbito do Plano Regional de Vacinação.

A Covid-19 provocou pelo menos 4.314.196 mortes em todo o mundo, entre mais de 203,9 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share This