Luanda, capital angolana, reportou o maior número de novos casos, com 47, seguido pelas províncias de Cabinda (14), Benguela (11), Uíje (10), Moxico (02) e Lunda Sul e Zaire com um caso cada.

O boletim epidemiológico da entidade sanitária refere que os dois óbitos foram registados em Luanda.

Neste período, os laboratórios de Angola processaram 1.604 amostras por RT-PCR com uma taxa diária de positividade de 5.4%. O cumulativo aponta para 1.093.967 amostras com uma taxa de positividade de 5,8%.

Angola soma agora 63.861 casos positivos da doença, sendo 52.516 recuperados, 1.697 óbitos e 9.648 ativos, nomeadamente 13 em estado crítico, 14 graves, 65 moderados, 58 leves e 9.498 assintomáticos.

A covid-19 provocou pelo menos 4.941.032 mortes em todo o mundo, entre mais de 243,27 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse, divulgado na sexta-feira.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

NR/HN/LUSA

Share This