Em comunicado, a Task Force para a promoção do Plano de Operacionalização a da Estratégia de Testagem para SARS-CoV-2 em Portugal revela que em 2021 foram já efetuados mais de 70% do total de testes de diagnóstico realizados desde o início da pandemia.

Os dados, segundo a mesma nota, demonstram uma evolução “muito positiva” da capacidade de testagem no país, através do Serviço Nacional de Saúde, em colaboração com a academia e entidades privadas: laboratórios, farmácias, clínicas e outras entidades.

Em outubro de 2021, realizaram-se cerca de 1,25 milhões de testes de diagnóstico, com uma média diária de mais de 40 mil testes, dados estes que não incluem os autotestes.

Em relação à tipologia de testes, realizaram-se cerca de 14,3 milhões de testes TAAN/PCR e aproximadamente 5,7 milhões de TRAg de uso profissional.

A marca de 20 milhões de testes à Covid-19, alcançada na quinta-feira (04 de novembro), reflete o esforço de testagem levado a cabo em Portugal, desde o início da pandemia, esforço este reforçado a partir de março de 2021 com a implementação do Plano de Operacionalização da Estratégia de Testagem em Portugal.

O plano foi assegurado pela Task Force da testagem, coordenada por Fernando de Almeida, presidente do Conselho Diretivo do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge.

LUSA/HN

Share This