10/01/2022 | Investigação, Lusa, Nacional

1,8 milhões de euros para avaliação e financiamento dos Centros Académicos Clínicos

A Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) abriu esta segunda-feira as candidaturas à primeira avaliação externa dos Centros Académicos Clínicos (CAC), anunciou o Governo, avançando que há 1,8 milhões para avaliação e financiamento.

Atualmente há nove centros académicos clínicos em Portugal que associam escolas médicas a centros hospitalares e unidades de investigação, com o intuito de melhorar o conhecimento e a prestação de cuidados de saúde.

Todos os centros constituídos até ao início de março podem agora submeter-se a este primeiro programa de avaliação e financiamento, que tem um orçamento de 1,8 milhões de euros, segundo o gabinete do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES).

A avaliação externa será realizada de quatro em quatro anos e os CAC que obtenham uma classificação global de “Muito Bom”, “Bom” ou “Suficiente” podem ser propostos para financiamento.

Ainda segundo a FCT, o valor limite a atribuir a cada CAC é de 200 mil euros e as candidaturas, que hoje abriram, terminam no final do dia 11 de março de 2022.

O financiamento a atribuir terá a duração máxima de 36 meses, com início de execução em 2023, e os beneficiários são financiados através de fundos nacionais inscritos no orçamento da FCT e, quando elegíveis, cofinanciados por fundos comunitários, lê-se na página da FCT, onde constam também as informações necessárias para a realização das candidaturas.

Os CAC nasceram da ideia de desenvolver uma estratégia de reforço da qualificação e do desenvolvimento científico no domínio da saúde, sendo estruturas integradas de assistência, ensino e investigação médica que têm como principal objetivo o avanço e a aplicação do conhecimento e da evidência científica para a melhoria da saúde.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This