A obesidade pode levar ao cancro. Agora sabe-se porquê

A obesidade aumenta o risco de desenvolvimento de mais de uma dúzia de tipos de cancro. Um novo estudo da Universidade de Bergen (UiB) na Noruega vem agora responder porque é que isto acontece.

O cancro é causado por alterações genéticas que quebram as restrições normais ao crescimento celular. É sabido que a obesidade e o excesso de peso aumentam o risco de desenvolver cancro, mas a questão até agora tem sido: porquê? Agora, os investigadores da Universidade de Bergen demonstraram que os lípidos associados à obesidade tornam as células cancerosas mais agressivas e suscetíveis de formar tumores reais.

Os investigadores descobriram que o ambiente alterado em torno da célula cancerosa, de um corpo com peso normal para um corpo obeso ou com excesso de peso, empurra a célula cancerosa para se adaptar, o que permite que as células malignas formem um tumor.

“Mesmo na ausência de novas mutações genéticas, a obesidade aumenta o risco de formação de tumores”, diz o professor associado Nils Halberg.

A obesidade é a causa de cerca de 500000 novos casos de cancro por ano – um número que se prevê que aumente à medida que as taxas de obesidade continuem a aumentar.

“Dissecar cientificamente a forma como estas duas doenças complicadas interagem tem sido extremamente interessante e gratificante. Especialmente porque este novo entendimento permitirá aos investigadores conceber tratamentos mais eficazes para doentes com cancro obesos”, acrescenta Halberg.

Bibliografia
Liu, XZ., Rulina, A., Choi, M.H. et al. C/EBPB-dependent adaptation to palmitic acid promotes tumor formation in hormone receptor negative breast cancer. Nat Commun 13, 69 (2022). https://doi.org/10.1038/s41467-021-27734-2

Alphagalileo/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This