28/02/2022 | Lusa, Nacional, Notícias

Açores estimam gastar este ano cerca de 10 ME em estabelecimentos de saúde

O Governo dos Açores estima gastar, este ano, “cerca de 10 milhões de euros” em estabelecimentos de saúde que necessitavam “urgentemente” de intervenções, anunciou esta segunda-feira o secretário regional da Saúde e Desporto.

“Deparamo-nos, quando tomámos posse, com um conjunto de emergência em obras em espaços de saúde. Houve aqui muito tempo em que não foram feitas obras de manutenção e temos de fazer agora um esforço muito grande juntamente com a Secretaria das Obras Públicas no sentido de dotarmos os respetivos espaços de saúde de condições de dignidade”, disse Clélio Meneses.

O titular pela pasta da Saúde do Governo Regional, de coligação PSD/CDS-PP/PPM, falava na cerimónia de inauguração das obras de remodelação da Unidade de Saúde dos Remédios, no concelho de Ponta Delgada, ilha de São Miguel.

Além da remodelação da Unidade de Saúde dos Remédios, que custou cerca de 45 mil euros, o secretário regional da Saúde disse que “estão a ser feitos investimentos noutros espaços de postos de saúde em várias localidades da região”.

“Há uma aposta clara deste Governo no sentido de estarmos mais próximo possível das populações com serviços que permitam uma resposta adequada aos cuidados primários das respetivas áreas”, salientou o governante, revelando que “no total, e só este ano”, o executivo prevê gastar em espaços físicos na área da Saúde cerca de 10 milhões de euros.

Em São Miguel, por exemplo, vão iniciar-se as “obras no Centro de Saúde do Nordeste” e vai “avançar o projeto no Centro de Saúde da Povoação”, enquanto no Centro de Saúde da Vila Franca do Campo “vai ser feita uma nova cobertura”, assim como no Centro de Saúde das Velas de São Jorge e das Lajes do Pico, adiantou.

Ainda no caso de São Miguel, o secretário regional adiantou que se deverão iniciar “em setembro” obras de remodelação no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, num investimento global de “cerca de 12 milhões de euros” na maior unidade de saúde dos Açores que “necessita urgentemente de obras”.

Por outro lado, destacou o “esforço enorme” que o atual executivo açoriano “tem feito” na contratação de mais profissionais de saúde.

“A Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel ainda agora contratou mais quatro médicos de medicina geral e familiar para prestarem cuidados de saúde de proximidade e estão a decorrer processos de concurso para mais 12 médicos de medicina geral e familiar. No total, com a contratação destes 12 médicos e mais aqueles que já foram contratados contamos ficar com cerca de 98% da população de São Miguel plenamente coberta com médicos de família e com cuidados de saúde de proximidade”, referiu.

Quanto às obras de remodelação da Unidade de Saúde dos Remédios, hoje inauguradas, o secretário regional referiu que incidiram na “remodelação do teto, pavimentos e pinturas”, dando “maior dignidade de saúde para os utentes e profissionais de saúde que trabalham no espaço”.

A Unidade de Saúde, que funciona num espaço cedido pelo município de Ponta Delgada, abrange cerca de 2.200 inscritos na área, abrangendo a população de três freguesias.

Clélio Meneses realçou que a obra de remodelação na Unidade de Saúde dos Remédios visa “prestar serviços de proximidade”, apostando “nos cuidados de saúde primários e na prevenção”, acrescentando que a intervenção resulta da “colaboração, liderada pela Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel, com as Obras Públicas e com as três juntas de freguesia” da área.

O governante sublinhou que a obra em causa “é um enorme exemplo de resposta” na área da saúde, porque “significa muito” para os utentes, evitando deslocações para outras localidades no atendimento médico e cuidados de enfermagem.

“É um esforço que é feito, mas não é um esforço no sentido de dar alguma coisa. O Governo não está a dar nada. Está no fundo a corresponder a uma necessidade que a população tem no sentido de os Açores serem uma região cada vez mais saudável onde as pessoas se sintam bem nas suas localidades”, vincou.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This