07/03/2022 | Covid 19, Nacional, Notícias

Açores registam 122 novos casos de infeção e 548 recuperações

Os Açores registaram nas últimas 24 horas 122 novos casos de infeção pelo SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, e 548 recuperações, tendo agora 2.906 casos ativos, revelou hoje a Autoridade de Saúde Regional.

Segundo o boletim diário da Autoridade de Saúde Regional, foram diagnosticados, nas últimas 24 horas, 122 novos casos de infeção, “resultantes de 795 testes”.

Na ilha de São Miguel, foram detetados 64 casos (36 em Ponta Delgada, nove na Ribeira Grande, oito na Lagoa, oito na Povoação, dois no Nordeste e um em Vila Franca do Campo).

Foram diagnosticados 29 casos na ilha Terceira (21 na Praia da Vitória e oito em Angra do Heroísmo) e 13 na ilha do Pico (oito na Madalena e cinco nas Lajes).

Na ilha de São Jorge, registaram-se seis casos (três na Calheta e três nas Velas), em Santa Cruz da Graciosa seis e na Horta, no Faial, quatro.

Estão internados nos três hospitais da região 23 doentes com covid-19, mais um do que no domingo.

No Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, estão hospitalizadas 13 pessoas (incluindo uma em cuidados intensivos), no Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira cinco (mais uma do que no domingo) e no Hospital da Horta cinco.

O boletim da Autoridade de Saúde Regional dá conta ainda de 548 recuperações, o que levou a uma redução de 426 casos ativos.

Os Açores têm agora 2.906 casos ativos de infeção pelo SARS-CoV-2, dos quais 1.738 em São Miguel, 585 na Terceira, 206 no Faial, 134 no Pico, 114 em São Jorge, 73 na Graciosa, 39 nas Flores, 16 em Santa Maria e um no Corvo.

Desde o início da pandemia, o arquipélago contabilizou 62.936 casos de infeção, 59.592 recuperações e 91 óbitos associados à covid-19.

Segundo a Autoridade de Saúde Regional, até sexta-feira, 211.118 pessoas tinham vacinação primária completa contra a covid-19 nos Açores (89,3%) e 117.930 tinham recebido a dose de reforço (49,9%).

A vacinação pediátrica registava, nessa data, 6.620 inoculações referentes à primeira dose, o que corresponde a 38,9% de um universo de 17.033 crianças entre os 5 e os 11 anos.

Os dados divulgados pelas autoridades regionais dos Açores e da Madeira podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da Direção-Geral da Saúde.

A covid-19 provocou pelo menos 5.925.534 de mortos em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 21.039 pessoas e foram contabilizados 3.258.409 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A variante Ómicron, que se dissemina e sofre mutações rapidamente, tornou-se dominante no mundo desde que foi detetada pela primeira vez, em novembro, na África do Sul.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This