14/03/2022 | Nacional, Notícias

SPMI organiza Curso de Introdução à Geriatria

O Núcleo de Estudos de Geriatria (NEGERMI) da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna (SPMI) vai realizar o Curso de Introdução à Geriatria nos dias 28 e 30 de março e 1 e 6 de abril.

Os três módulos online deste curso acontecerão nos dias 28 e 30 de março e 1 de abril, e o módulo presencial realizar-se-á em Lisboa, no dia 6 de abril.

Destinado a médicos internos, especialistas de medicina interna, médicos de outras especialidades médicas e a outros profissionais de saúde que prestam cuidados a pessoas idosas, o Curso de Introdução à Geriatria propõe-se a transmitir conceitos básicos e úteis na compreensão do processo de envelhecimento e na abordagem clínica do doente idoso.

“Este é um curso que já vai para a 11ª edição. O objetivo deste curso é ensinar e transmitir conceitos que são considerados princípios fundamentais da Geriatria. Em primeiro lugar abordar-se-á as alterações fisiológicas do envelhecimento, e que têm consequências na terapêutica farmacológica. Posteriormente iremos falar sobre a metodologia de avaliação da Geriatria que é a avaliação geriátrica global e as várias síndromes geriátricas”, diz Sofia Duque, coordenadora do NEGERMI, citada no comunicado de imprensa. Segundo a médica internista, falar-se-á de alterações cognitivas, problemas nutricionais, instabilidade e quedas.

Para Sofia Duque, a pertinência desta formação prende-se com as falhas na avaliação de síndromes geriátricas que não encaixam exatamente em doenças específicas.

“Estas são condições que são multifatoriais e, portanto, associadas a várias condições em simultâneo, mas enquanto ignorarmos a abordagem destas síndromes geriátricas, que não são exclusivas de nenhuma especialidade médica, não estaremos a tratar bem os idosos. Estas síndromes geriátricas são das condições que têm maior impacto na qualidade de vida das pessoas e no seu bem-estar”, alerta a coordenadora do NEGERMI.

O módulo presencial “vai permitir a aplicação destes conceitos mais teóricos de um ponto de vista prático, aplicando os vários conceitos a casos clínicos de doentes reais”- a grande mais-valia deste curso, segundo Sofia Duque. Além disso, vai permitir a discussão interativa entre formadores e formandos.

Mais informações aqui.

PR/HN/Rita Antunes

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This