21/03/2022 | Nacional, Notícias

Evento “Decode the Future” apresenta novo tratamento para o cancro da próstata

O evento “Decode the Future”, promovido pela Bayer, realiza-se no próximo dia 26, entre as 14h30 e as 19h00, na NOVA School of Business and Economics, e destina-se à apresentação de um novo tratamento para o cancro da próstata resistente à castração não-metastático (CPRCnm).

Esta nova solução terapêutica demonstrou ser capaz de proporcionar uma melhoria em termos de sobrevivência global e livre de metástases, preservando a qualidade de vida dos doentes. Encontra-se, desde janeiro de 2022, com o seu financiamento aprovado por parte do Infarmed.

O evento conta com a participação de especialistas em oncologia e urologia nacionais e internacionais, que vão debater diferentes temas em mesas-redondas e apresentações de casos clínicos. A moderação ficará a cargo do Prof. Arnaldo Figueiredo, urologista e diretor do Serviço de Urologia e Transplantação Renal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), e da Dr.ª Gabriela Sousa, oncologista e diretora do Serviço de Oncologia Médica do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Coimbra. Pode consultar o programa completo aqui.

“O cancro da próstata é o mais comum entre a população masculina em Portugal, representando a terceira causa de morte por cancro. Por essa mesma razão é muito importante a realização deste evento para conhecermos as novas armas terapêuticas que temos à nossa disposição, bem como percebermos o impacto que estas podem ter no tratamento do cancro da próstata resistente à castração não-metastático”, refere Arnaldo Figueiredo, citado no comunicado da Bayer.

Segundo Gabriela Sousa, “vamos contar ainda com uma sessão de partilha de experiências sobre o estudo ARAMIS que demonstrou que este novo tratamento permite prolongar em 3,4 anos a sobrevivência livre de metástases e reduzir em 31% o risco de morte, sem comprometer a qualidade de vida”. “Julgo que este dia vai marcar positivamente o futuro da oncologia e que permitirá uma frutífera partilha de conhecimento entre todos os especialistas envolvidos”, conclui a médica.

Pode efetuar aqui o seu registo.

PR/HN/Rita Antunes

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This