Centro de Saúde de Anadia funciona a partir de hoje em instalações provisórias

O Centro de Saúde de Anadia, que começa a ser reabilitado dentro de dias, está a funcionar desde esta sexta-feira provisoriamente no 1.º piso do edifício da antiga Escola Secundária, informou a Câmara Municipal.

Numa nota enviada à agência Lusa, a Câmara Municipal de Anadia informou que, para acolher os serviços do Centro de Saúde de Anadia, o 1.º piso do edifício da antiga Escola Secundária de Anadia foi alvo de um conjunto de obras de adaptação.

A adaptação das instalações e a melhoria das acessibilidades ao edifício representaram um investimento de cerca de 450 mil euros, permitindo “criar as condições necessárias para o seu funcionamento, para que os seus profissionais pudessem realizar as suas tarefas, criando simultaneamente condições de conforto para os utentes”.

De acordo com fonte desta autarquia do distrito de Aveiro, a entrada para os serviços do Centro de Saúde de Anadia faz-se pelos acessos criados a partir da Rua das Cabines.

No andar de baixo do mesmo edifício encontra-se também instalada provisoriamente a GNR de Anadia, enquanto decorrem as obras de reabilitação no Quartel desta força policial.

As obras de reestruturação e reabilitação do Centro de Saúde de Anadia representam um investimento que ascende a 1,2 milhões de euros e têm prazo de execução de 10 meses.

“A reestruturação tem em vista a criação de condições físicas para a implementação de uma USF – Unidade de Saúde Familiar, bem como de um gabinete dedicado à saúde oral, dotado dos equipamentos necessários ao seu bom funcionamento”, explicou a Câmara de Anadia.

Para além da reorganização e adaptação de alguns espaços, “será também feita a remodelação da instalação da rede e a substituição de todos os equipamentos de climatização e ventilação”.

“No que respeita às águas quentes, será concebido um sistema solar de aquecimento, explorando a energia do sol, com apoio de uma caldeira mural e um depósito de 500 litros, permitindo triplicar os banhos necessários aos profissionais de saúde”, acrescentou.

Será instalado “um parque fotovoltaico com 42 painéis solares”, estando também prevista “a criação de um posto de carregamento rápido de veículos elétricos, com uma alimentação de energia elétrica proveniente do parque fotovoltaico”.

A parte exterior também será alvo de intervenção, nomeadamente com “a reabilitação de pavimentos degradados, relativos a zonas de circulação automóvel e de circulação pedonal, a construção de novos passeios, a reabilitação dos muros de vedação e suporte de terras, e a instalação de nova sinalização horizontal e vertical para as vias de circulação automóvel”.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This