Centro de Simulação Clínica da Madeira já realizou 580 cursos com oito mil formandos

O Centro de Simulação Clínica da Madeira (CSCM) já realizou cerca de 580 cursos, envolvendo mais de 8.000 formandos e 4.000 horas de formação, desde que foi criado, em 2012, indicou esta quinta-feira a Secretaria Regional da Saúde.

Em comunicado, a tutela refere que o CSCM comemora 10 anos em Setembro, “vocacionados para treinar, educar, formar e diferenciar os profissionais nos vários domínios dos cuidados de saúde, usando a simulação em ambiente de alta-fidelidade, controlado, realístico e previsível para a formação de estudantes, profissionais e equipas de saúde”.

Segundo a mesma nota, “desde o início da sua atividade, o CSCM já realizou cerca de 580 cursos, envolvendo mais de 8.000 formandos e 4.000 horas de formação”.

O executivo considera que a criação deste centro, integrado no Serviço Regional de Saúde, permitiu “mudar o paradigma de formação, passando do ensino tradicional para um apoiado e complementado pela simulação”.

Esta nova modalidade de formação permitiu que o “treino de competências dos profissionais de saúde deixasse de ser exclusivamente realizado no doente e tendesse a ser transferida para um ambiente controlado, aferível e seguro, quer nas salas de formação, quer em ambiente realista”.

Várias áreas da saúde já utilizam este centro de simulação, designadamente anestesiologia, medicina interna, ginecologia-obstetrícia, cardiologia, pediatria, neonatologia, cirurgia geral, medicina intensiva, medicina geral e familiar, enfermagem, trauma, emergência e catástrofe e procedimentos mini-invasivos, pré-hospitalar “e, progressivamente, outras áreas e especialidades vão aderindo a esta ferramenta de formação”.

A Secretaria Regional da Saúde realça ainda que o centro está aberto a visitas de estudantes de várias escolas da região e tem várias iniciativas dirigidas à comunidade educativa e à população em geral, como por exemplo a formação em suporte básico de vida e primeiros socorros.

Instalado no edifício do Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, numa área de 300 m2, o CSCM “dispõe de manequins de alta-fidelidade adultos, pediátricos e neonatais, vários modelos de média e baixa fidelidade, ‘task-trainers’ para treino de abordagem de via aérea, acessos vasculares, drenos torácicos, exame ginecológico e manobras obstétricas e simuladores para treino de cirurgia laparoscópica”.

Até ao final do ano, o centro de simulação vai receber novos simuladores, entre os quais um manequim de grávida adulta de treino para cuidados de saúde pré-natais, cenários clínicos de parto e cuidados pós-parto.

“Estas novas aquisições vão permitir que mais especialidades integrem a formação em simulação no CSCM e o treino de novas competências”, acrescenta a Secretaria Regional da Saúde.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This