Obras na Unidade Hospitalar de Abrantes com início em outubro

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) vai investir 1,461 milhões de euros (M€) na construção de novas instalações para o Serviço de Consultas Externas e de Gastrenterologia da Unidade Hospitalar de Abrantes.

A empreitada arranca na segunda-feira, 3 de outubro, e os trabalhos têm um prazo estimado de conclusão de dez meses. Em comunicado, o CHMT assegura que as obras não vão provocar constrangimentos para os utentes ou para a atividade programada, porque decorrerão num perímetro da Unidade Hospitalar de Abrantes que se encontra desativado.

Após a finalização desta empreitada, os Serviços das Consultas Externas e da Gastroenterologia da Unidade Hospitalar de Abrantes passarão estar instalados no terceiro piso, ocupando as antigas instalações do Centro de Saúde.

As futuras instalações apresentam como principal vantagem a concentração dos serviços de saúde ambulatórios num mesmo local, longe da agitação que carateriza o Serviço de Urgência, junto ao qual atualmente se localizam. A nova localização permite, também, a criação de uma área de receção e acolhimento do utente mais moderna e autónoma. O Serviço de Gastroenterologia terá, ainda, aumentado o espaço dedicado a esta especialidade.

Com uma área de intervenção de cerca de mil metros quadrados, serão construídos onze gabinetes dedicados às Consultas Externas; três gabinetes alocados ao Serviço de Gastroenterologia, e três salas de exames desta especialidade, contando ainda com uma sala cirúrgica e duas zonas de recobro.

Casimiro Ramos, Presidente do Conselho de Administração do CHMT, refere que se trata de um «projeto que vai oferecer melhores condições técnicas e de conforto para profissionais de saúde e para os doentes», acrescentando que se trata de uma obra «extremamente importante para a prestação de cuidados de saúde à população em regime de Ambulatório».

SNS/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share This