Centro de simulação do Hospital da Luz recebe este sábado médicos de MGF

É já este sábado, dia 12 de novembro, que o Hospital da Luz Lisboa abre portas aos médicos de Medicina Geral e Familiar interessados em atualizar conhecimentos em auditório e no centro de formação e simulação.

O Encontro na Luz tem como público-alvo os médicos de Medicina Geral e Familiar, conta com um programa “organizado com um modelo inovador”, ao incluir formação em auditório e uma componente prática num centro de simulação, e espelha a organização de cuidados nas unidades da Luz Saúde, em que os cuidados de saúde primários fazem parte da rede hospitalar in loco. Por isso, João Sequeira Carlos, médico de família e diretor do Serviço de MGF do Hospital da Luz Lisboa, quer ver a sua especialidade em peso no evento. Até porque “os colegas de MGF, ao verem o programa, irão identificar-se imediatamente com os temas que vão ser abordados”, com os quais lidam diariamente.

“Do ponto de vista clínico, é um Encontro muito rico e em que procuramos estar sempre em diálogo com os nossos colegas que venham assistir e participar. Debater opções terapêuticas, referenciação, vigilância e tratamentos em cada uma dessas áreas e em patologias específicas é o nosso principal objetivo nestas sessões”, afirmou o Presidente do Conselho Clínico Superior da Luz Saúde, José Roquette.

Anabela Raimundo, uma das formadoras do Encontro na Luz, comentou: “Estamos cá para transmitir conhecimento e para ouvir, para interagir uns com os outros e passar um dia em que temos a ciência e o doente no centro da prestação de cuidados. Mas, acima de tudo, para fortalecermos as relações humanas entre todos nós.”

Durante a manhã, estarão em discussão temas que ocupam recorrentemente os cuidados de saúde primários. “A intenção é debater com os colegas da Medicina Geral e Familiar e com os nossos especialistas das várias áreas quais são, neste momento, os melhores meios terapêuticos e diagnósticos para poder enfrentar os problemas que mais surgem em consulta de MGF”, explicou José Roquette.

Já a tarde será passada no centro de formação e simulação, para que os clínicos possam conhecer melhor a realidade do Hospital da Luz Lisboa e passar da teoria à prática.

HN/RA

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share This