Câmara de Coimbra aciona Plano Municipal de Contingência para pessoas em situação de sem-abrigo

A Câmara Municipal de Coimbra acionou esta terça-feira, às 18:00, o Plano Municipal de Contingência para Pessoas em Situação de Sem-Abrigo perante o tempo frio, face às previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, que apontam para uma descida acentuada de temperatura nos próximos dias, foi ontem anunciado.

De acordo com uma nota da Câmara, o presidente da autarquia, José Manuel Silva, aprovou, no passado dia 19 de janeiro, o Plano Municipal de Contingência para Pessoas em Situação de Sem-Abrigo perante o tempo frio e tempo quente.

O objetivo deste Plano, elaborado em estreita articulação pela pela Divisão de Ação Social (DASo) e pelo Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC), passa por “descrever a estrutura e a coordenação de ações de resposta, de âmbito municipal, a gestão operativa, bem como a forma de mobilização e ativação dos recursos existentes de apoio social à população em situação de sem-abrigo, face à ocorrência de períodos de tempo frio e de tempo quente”.

Estão ainda envolvidos no Plano o Departamento de Ação e Habitação Social, a Companhia Municipal de Bombeiros Sapadores, a Polícia de Segurança Pública, a Guarda Nacional Republicana, os Bombeiros Voluntários (BV) de Coimbra e os BV de Brasfemes, o Centro Distrital de Segurança Social de Coimbra e as Equipas de Rua, Centros de Abrigo e restantes entidades que integram o Núcleo de Planeamento e Intervenção Sem-Abrigo de Coimbra (NPISA/C).

“Uma vez que a população abrangente do programa tem maior incidente na zona urbana da cidade, também as juntas de Freguesia de Santo António dos Olivais, a União de Freguesias de Coimbra, a União de Freguesias de Eiras e São Paulo de Frades e a União de Freguesias de Santa Clara e Castelo Viegas estão envolvidas no Plano”.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share This