Wellbeing Awards: Prémio para organizações atentas à felicidade dos seus colaboradores

9 de Junho 2023

O Wellbeing Awards está de regresso para premiar os melhores programas e estratégias das organizações na promoção da saúde, bem-estar e felicidade dos seus colaboradores. As inscrições encerram a 30 de junho.

A organização desta iniciativa está a cargo da Workwell, entidade especializada na implementação de programas de saúde e bem-estar nas organizações, e da AGIS – Associação para a Gestão e Inovação em Saúde, que pretende contribuir para a promoção da qualidade de vida, saúde e bem-estar dos cidadãos.

Nesta segunda edição, que conta novamente com o apoio oficial da Aon Portugal e da Multicare, ter-se-á em conta, pela primeira vez, a opinião dos colaboradores sobre os programas e iniciativas das próprias organizações.

As organizações podem candidatar-se, até 30 de junho, no website da iniciativa, às categorias de Best Wellbeing Program; Best Mental/Emotional Health Strategy; Best Physical Wellbeing Strategy; Best Engagement and Communication in Wellbeing; Best Leadership and Culture in Wellbeing; Safest Psychological Workplace e Best Musculoskeletal Health Program. Na primeira edição, submeteram candidatura mais de 100 organizações.

“A pandemia obrigou a sociedade em geral, mas sobretudo as organizações e as suas pessoas a encarar a saúde e bem-estar com uma nova perspetiva. É consensual que as organizações que implementam estratégias de promoção da saúde e bem-estar organizacional são mais bem-sucedidas na captação e motivação dos colaboradores e nos seus índices de desempenho. É precisamente isto que queremos reconhecer ao premiar as organizações genuinamente preocupadas com as suas pessoas”, explica Nuno Simões, Presidente da Direção da Associação para a Gestão e Inovação em Saúde.

Os vencedores serão conhecidos numa cerimónia prevista para 12 de outubro.

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Ana Paula Martins: Santa Maria teve de limitar a entrada de doentes transportados em ambulância

Na apresentação dos resultados do Stada Health Report 2023, esta terça-feira, Ana Paula Martins, Presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, partilhou com preocupação que a Urgência do Santa Maria “de ontem para hoje tem mais 250 pessoas em circulação” e que o hospital teve de limitar a entrada dos doentes transportados em ambulâncias.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights