José Albino é novamente presidente da Respira

19 de Junho 2024

Os associados da Respira - Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e outras Doenças Respiratórias Crónicas elegeram, no passado dia 6 de junho, a nova direção para o quadriénio 2024-2027. José Albino e Paula Duarte iniciam agora o mandato na qualidade de presidente e vice-presidente, respetivamente.

“A nova direção pretende dar continuidade ao trabalho realizado pela RESPIRA na área das doenças respiratórias crónicas, contribuindo para a prevenção e tratamento da DPOC e para a defesa dos interesses e direitos dos doentes, tendo como orientação os valores institucionais”, explica José Albino, que volta a assumir a responsabilidade de liderar a Direção da Associação, cinco anos depois.

Contribuir para um maior conhecimento da DPOC e para a sua prevenção e diagnóstico precoce, promovendo e participando em ações de sensibilização, rastreios e fóruns de conhecimento e investigação científica e chegar a mais pessoas com esta patologia, alavancando a criação de núcleos da associação no país através de reuniões/encontros entre a instituição e grupos de doentes com DPOC ou outras doenças respiratórias crónicas e profissionais de saúde, dedicados ao cuidado destes doentes, são os principais eixos estratégicos apontados para o novo mandato.

De acordo com Paula Duarte, pneumologista de formação e ex-profissional de saúde, serão também objetivos da nova direção “uma maior aproximação aos associados e, principalmente, o aumento da visibilidade e projeção da RESPIRA junto da comunidade científica, assim como o estabelecimento de novas parcerias ao nível dos cuidados primários, prevenção e diagnóstico precoce, e ao nível do acesso a tratamento e reabilitação respiratória e a promoção e a melhoria da qualidade de vida dos doentes e seus cuidadores”.

PR/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Luís Montenegro: “Concordo com a necessidade de valorizar a carreira dos bombeiros e estamos a trabalhar nisso”

Hoje, no debate sobre o estado da nação, o primeiro-ministro respondeu a Inês Sousa Real que concorda que é necessário valorizar a carreira dos bombeiros, mas o Governo está “a trabalhar nisso”, e garantiu que não está desatento à violência doméstica, tendo já avançado com um despacho para a criação de um grupo de trabalho “transversal” no âmbito do apoio à vítima.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights