Plano de verão assegura funcionamento dos serviços de urgência materno-infantil, garante DE-SNS

24 de Junho 2024

A Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde (DE-SNS) acaba de informar, em comunicado, que o Plano de Verão para os Serviços de Urgência de Obstetrícia e Pediatria está a ser cumprido sem dificuldades significativas.

Apesar dos constrangimentos em 12 urgências neste domingo, todas estão a funcionar em rede com outras unidades, garantindo o acesso a cuidados de saúde a todos os utentes, refere a DE-SNS na nota à imprensa.

A DE-SNS esclarece ainda que os serviços de urgência afetados mantêm a urgência interna em funcionamento e estão preparados para receber casos urgentes referenciados pelos Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e pela Linha SNS 24 grávidas.

Neste domingo, aponta a DE-SNS, estão operacionais 125 serviços de urgência em Portugal continental, funcionando 24 horas por dia.

Particularmente na Região de Lisboa e Vale do Tejo, o plano assistencial está a ser rigorosamente seguido, assegura a DE-SNS. As três maternidades na Península de Setúbal operam em rotatividade semanal, garantindo uma urgência sempre aberta ao exterior. Em Lisboa, as urgências de obstetrícia/ginecologia aos fins de semana são asseguradas pela Maternidade Alfredo da Costa e pelo Hospital de Cascais, com apoio rotativo do Hospital de São Francisco Xavier e do Hospital Fernando Fonseca.

Nos hospitais de Caldas da Rainha, Médio Tejo e Santarém, há uma coordenação alternada para as urgências de obstetrícia/ginecologia. O mesmo modelo de funcionamento alternado aplica-se ao Hospital de Vila Franca de Xira e ao Hospital Beatriz Ângelo, em Loures.

Este plano, acordado entre o Ministério da Saúde, diretores clínicos e presidentes dos conselhos de administração dos hospitais, contou também com a colaboração do colégio de Obstetrícia da Ordem dos Médicos.

A DE-SNS sublinha a importância do reforço do trabalho em rede entre as equipas das instituições hospitalares e dos cuidados de saúde primários, bem como o planeamento estratégico para garantir previsibilidade, segurança e confiança na utilização dos serviços de saúde, otimizando os recursos disponíveis e melhorando o planeamento.

No comunicado, a Direção Executiva do SNS expressa ainda o seu agradecimento a todas as equipas de profissionais de saúde do SNS que, mesmo durante o verão, têm assegurado cuidados de urgência com qualidade e segurança para todos os cidadãos.

NR/PR/HN

 

 

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Luís Montenegro: “Concordo com a necessidade de valorizar a carreira dos bombeiros e estamos a trabalhar nisso”

Hoje, no debate sobre o estado da nação, o primeiro-ministro respondeu a Inês Sousa Real que concorda que é necessário valorizar a carreira dos bombeiros, mas o Governo está “a trabalhar nisso”, e garantiu que não está desatento à violência doméstica, tendo já avançado com um despacho para a criação de um grupo de trabalho “transversal” no âmbito do apoio à vítima.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights