Exposição “Arte e Vida: Enfrentar a Esclerose Múltipla” de Emanuel Ribeiro abre em Lisboa

25 de Junho 2024

O artista Emanuel Ribeiro apresenta três das suas mais impactantes obras – "À Deriva", "Grito Mudo" e "Libertação" – na exposição "Arte e Vida: Enfrentar a Esclerose Múltipla". Organizada pela Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), com o apoio da Merck e do El Corte Inglés (ECI), a exposição visa retratar as complexidades, desafios e triunfos da vida com esclerose múltipla.

A exposição estará aberta ao público na Sala de Âmbito Cultural do El Corte Inglés de Lisboa, no piso 6, de 29 de junho a 29 de julho. As obras estarão disponíveis para venda e todo o valor arrecadado será destinado ao apoio das atividades da SPEM em prol dos doentes e na sensibilização para a doença.

Serão expostas ao todo 12 peças, sendo que 11 estarão à disposição dos visitantes, enquanto a 12ª peça será concluída ao vivo pelo artista durante o evento de inauguração, marcado para o dia 29 de junho, às 17h. A abertura contará com a presença de Alexandre Silva, presidente da SPEM, que destacará a importância do apoio à associação e seu trabalho contínuo.

Esta exposição busca não apenas promover a arte, mas também gerar um impacto positivo na vida das pessoas que vivem com esclerose múltipla, oferecendo uma representação tangível e empática de suas experiências. Cada obra de Emanuel Ribeiro reflete não só os desafios enfrentados pelos doentes, mas também a esperança e a determinação diante dessa condição inflamatória crónica e degenerativa, que afeta cerca de oito mil pessoas em Portugal.

A exposição, um convite ao diálogo construtivo sobre a esclerose múltipla, pode ser visitada de segunda a quinta-feira das 10h00 às 22h00, às sextas, sábados e vésperas de feriados das 10h00 às 23h30, e aos domingos e feriados das 10h00 às 20h00, no El Corte Inglés, em Lisboa.

Emanuel Ribeiro, nascido em 1980 em Gondomar, é um renomado artista visual que desde 2010 dedica-se exclusivamente à escultura, pintura e pirogravura. Sua obra está representada em vários países, refletindo sua ampla relevância no mundo da arte.

NR/HN/PR

 

 

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Expansão do modelo ULS

Fernando Araújo é um dos autores de um artigo publicado na revista “Frontiers in Public Health”, em maio deste ano, que explica a história e perspetiva o futuro do modelo ULS.

Cérebro humano consegue distinguir vozes deepfake de vozes reais

Os nossos cérebros processam vozes naturais e vozes deepfake de forma diferente? Pesquisas realizadas na Universidade de Zurique indicam que sim. Num novo estudo, investigadores identificaram duas regiões cerebrais que respondem de maneira distinta a vozes naturais e a vozes deepfake.

Solidão e problemas de saúde mental estão interligados

Os resultados de um estudo realizado por investigadores da Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia (NTNU), da Universidade de Oslo, da UiT Universidade do Ártico da Noruega, da OsloMet, do Hospital Universitário de Oslo e do Hospital Innlandet e publicados na BJPsych Open, mostram que pessoas solitárias têm maior probabilidade de tomar medicação para depressão, psicose e outros distúrbios mentais.

Pressão arterial elevada associada a pior cognição em adolescentes

Adolescentes com pressão arterial elevada e rigidez arterial podem experienciar funções cognitivas mais fracas, de acordo com um estudo recente finlandês realizado por investigadores das universidades de Jyväskylä e de Eastern Finland, ambas na Finlândia.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights