Pfizer apoia iniciativas independentes na área da terapia genética

Pfizer apoia iniciativas independentes na área da terapia genética

Está prevista a atribuição de duas bolsas e apenas serão aceites as propostas submetidas até dia 20 de setembro.

Este Programa Competitivo de Bolsas pretende apoiar iniciativas de formação médica focadas em melhorar a compreensão médica e científica da terapia genética baseada em Vírus AdenoAssociado recombinante (rAAV), de modo a preparar as equipas multidisciplinares para a integração da terapia genética rAAV nas opções de tratamento de doentes elegíveis com uma doença rara, e/ou promover a preparação de centros de terapia genética constituídos por equipas institucionais e/ou multidisciplinares com formação para executar boas práticas clínicas e operacionais, com o intuito de otimizar a qualidade do tratamento de doentes elegíveis para terapia genética rAAV.

Estas bolsas estão inseridas no programa Pfizer Global Medical Grants, criado para apoiar iniciativas independentes, com o objetivo de melhorar os resultados em saúde e responder a necessidades médicas não satisfeitas, alinhadas com a estratégia científica da Pfizer.

Mais informações disponíveis aqui.

PR/HN/RA

Doenças do fígado: Especialistas reúnem-se para debater prática, diagnóstico e tratamento

Doenças do fígado: Especialistas reúnem-se para debater prática, diagnóstico e tratamento

Médicos internistas vão reunir-se para discutir e refletir sobre os principais desafios que Portugal enfrenta no tratamento das doenças do fígado.

“As jornadas do NEDF procuraram sempre ser abrangentes, focando os temas mais prementes, e por vezes controversos, da atualidade. Todos as palestras foram criteriosamente selecionadas com este objetivo”, antecipa Paulo Carrola, coordenador do NEDF.

Doenças raras em hepatologia, doenças autoimunes, doenças víricas, encefalopatia hepática, cuidados paliativos e radiologia de intervenção em hepatologia são alguns dos temas em destaque.

De acordo com o coordenador do Núcleo de Estudos das Doenças do Fígado, Paulo Carrola, “o acesso e tratamento das doenças do fígado no nosso país está ainda muito aquém do desejado e é muito assimétrico”.

“Se por um lado temos Unidades Hospitalares em que a perceção, sensibilidade e organização para as doenças do fígado está já a um bom nível, existem muitas outras em que, infelizmente, ainda não foram atingidos esses objetivos. Este problema tem constituído uma preocupação do NEDF e ultrapassá-lo é um desígnio para os próximos anos”, alerta o médico internista.

Mais informações disponíveis AQUI.

PR/HN/RA

RACI 2022 – 40ª Reunião Anual do Colégio de Indústria

RACI 2022 – 40ª Reunião Anual do Colégio de Indústria

Esta que será a 40ª edição da RACI é subordinada ao tema “(Re)Shaping Pharma Future in Challenging Times” e decorrerá durante os dias 14, 15 e 16 de outubro na cidade de Guimarães.

Inscrições têm início a 1 de setembro.

Mais informação aqui

OF/HN

Portugal com 21.302 infeções e 66 mortes de covid-19 entre 26 de julho e 01 de agosto

Portugal com 21.302 infeções e 66 mortes de covid-19 entre 26 de julho e 01 de agosto

Segundo o relatório epidemiológico semanal da DGS, publicado todas as sextas-feiras, houve no período em análise menos 7.536 infeções e menos nove mortes face à semana precedente.

O boletim indica que, na última segunda-feira, estavam internadas 679 pessoas, menos 154 do que no mesmo dia da semana anterior, com 48 doentes em unidades de cuidados intensivos, menos seis. Estes dados apenas reportam-se a Portugal continental.

A DGS passou a divulgar às sextas-feiras os dados dos internamentos referentes à segunda-feira anterior à publicação do relatório, circunscrevendo-os ao território continental.

De acordo com o boletim da DGS, a incidência a sete dias estava, na segunda-feira, nos 207 casos por 100 mil habitantes, tendo registado uma diminuição de 26% em relação à semana anterior, com o índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus a descer para 0,83 (antes era 0,86).

Por regiões, Lisboa e Vale do Tejo registou 7.988 casos entre 26 de julho e 01 de agosto, menos 3.848 do que no período anterior, e 20 óbitos, menos cinco.

A região Norte contabilizou 4.989 casos (menos 1.632) e 14 mortes (menos três) e o Centro totalizou 3.612 infeções (menos 799) e 11 mortes.

No Algarve foram registados 1.367 casos positivos (menos 724) e 10 óbitos (igual número ao da semana passada) e no Alentejo verificaram-se 1.248 infeções pelo SARS-CoV-2 (menos 281) e seis mortes (mais duas).

Quanto às regiões autónomas, os Açores tiveram 1.226 novas infeções entre 26 de julho e 01 de agosto (menos 115) e uma morte (mesmo número da semana precedente), enquanto a Madeira registou 872 casos (menos 137) e quatro óbitos (menos três), de acordo com os dados da DGS.

Segundo o relatório, a faixa etária entre os 50 e os 59 anos foi a que apresentou maior número de casos a sete dias (3.412), seguindo-se a das pessoas entre os 40 e os 49 anos (3.320), enquanto as crianças até aos 9 anos foram o grupo com menos infeções (906) na semana em análise.

Dos internamentos totais, 268 foram de idosos com mais de 80 anos, seguindo-se a faixa etária dos 70 aos 79 anos (168) e a dos 60 aos 69 anos (94).

A DGS contabilizou ainda nove internamentos no grupo etário das crianças até aos 9 anos, quatro nos 10 aos 19 anos, 14 nos 20 aos 29 anos, 19 nos 30 aos 39 anos, 32 nos 40 aos 49 anos e 47 nos 50 aos 59 anos.

O boletim refere também que, nestes sete dias, morreram 40 idosos com mais de 80 anos, 17 pessoas entre os 70 e os 79 anos, oito entre os 60 e 69 anos e uma entre os 50 e os 59 anos.

Relativamente à vacinação contra a covid-19, o relatório totaliza 93% da população com a vacinação completa, 66% dos elegíveis com a primeira dose de reforço e 62% dos idosos com 80 ou mais anos com a segunda dose para reforçar a imunização contra o SARS-CoV-2.

A covid-19 é uma doença respiratória pandémica causada pelo coronavírus SARS-CoV-2.

LUSA/HN

XIX Jornadas de Senologia dedicadas ao cancro da mama em idades extremas

XIX Jornadas de Senologia dedicadas ao cancro da mama em idades extremas

O evento deste ano, para o qual já é possível inscrever-se, centra-se na patologia mamária nas faixas etárias abaixo dos 40 e acima dos 70 anos.

As Jornadas de Senologia têm como propósito promover o debate, a aprendizagem e a divulgação científica dos seguintes temas: cancro da mama em Portugal e indicadores de qualidade; evolução do cancro da mama em idades extremas; mudança de mentalidades para diminuir a incidência; cancro hereditário e a idade; desafios e oportunidades no diagnóstico precoce; tratamento individualizado na jovem; tratamento de acordo com a avaliação geriátrica – discussão multidisciplinar baseada em casos clínicos; suporte e (re)habilitação dos sobreviventes.

Os trabalhos científicos podem ser submetidos até 26 de setembro. Depois, o júri selecionará os melhores resumos para serem apresentados numa sessão integrada no programa das XIX Jornadas.

Pode consultar mais informações no site da iniciativa (www.jornadassenologia.pt).

PR/HN/RA

Sindicato dos Enfermeiros reúne-se hoje com o Ministério da Saúde

Sindicato dos Enfermeiros reúne-se hoje com o Ministério da Saúde

Em comunicado, o SE refere que o encontro visa “a eliminação de um conjunto significativo de problemas que afetam a enfermagem em Portugal e que têm vindo a contribuir para a degradação das condições de trabalho na profissão.”

Entre as principais reivindicações estão problemas como a não contagem de todo o tempo de serviço, a todos os enfermeiros, para efeitos de progressão na carreira, com a correspondente atribuição de pontos.

A existência de dois regimes jurídicos de contratação (Contrato de Trabalho em Funções Públicas e Contrato Individual de Trabalho) no SNS, “com direitos e benefícios diferentes e que geram desigualdades entre a classe”, é outro dos temas em análise.

A reunião está agendada para as 10h30.

PR/HN/Vaishaly Camões