Federação de atletismo adia provas e vai alterar calendário competitivo

Federação de atletismo adia provas e vai alterar calendário competitivo

A fase de apuramento, que já tinha sido adiada de 23 e 24 de janeiro para 06 e 07 de fevereiro, foi de novo adiada devido à pandemia, agora ainda sem nova data prevista, o que leva também ao adiamento da fase final.

A dire√ß√£o da Federa√ß√£o Portuguesa de Atletismo promoveu, por videoconfer√™ncia, uma reuni√£o de presidentes, que contou com a participa√ß√£o dos seus associados ordin√°rios, associa√ß√Ķes regionais, treinadores, atletas e ju√≠zes.

‚ÄúTodos os presentes manifestaram a sua preocupa√ß√£o com a situa√ß√£o atual da pandemia de SARS Cov2 (covid-19) em Portugal, e pugnaram pela ado√ß√£o de medidas rigorosas, restritivas e seguras na continuidade do treino e da competi√ß√£o, para os atletas de alto rendimento que podem integrar as sele√ß√Ķes nacionais e da prepara√ß√£o ol√≠mpica e paral√≠mpica‚ÄĚ, refere a federa√ß√£o em comunicado.

O documento acrescenta que outra das preocupa√ß√Ķes foi a situa√ß√£o dos clubes, solicitando medidas em rela√ß√£o ao calend√°rio competitivo nacional.

Para al√©m de ter decidido o adiamento do Campeonato Nacional de Clubes em pista coberta, a dire√ß√£o da Federa√ß√£o Portuguesa de Atletismo explica que vai encontrar ‚Äúforma de proporcionar momentos competitivos para os atletas de alto rendimento que podem integrar as sele√ß√Ķes nacionais e da prepara√ß√£o ol√≠mpica e paral√≠mpica‚ÄĚ.

‚ÄúBrevemente ser√° divulgada a nova proposta de calend√°rio onde constar√£o esses momentos competitivos‚ÄĚ, conclui.

LUSA/HN

Corrida de S√£o Silvestre da Amadora cancelada

Corrida de S√£o Silvestre da Amadora cancelada

A corrida de S√£o Silvestre da Amadora foi esta segunda-feira cancelada devido √† pandemia de Covid-19, com a organiza√ß√£o a referir que n√£o existem condi√ß√Ķes de sa√ļde p√ļblica para realizar a prova em ‚Äúabsoluta seguran√ßa‚ÄĚ.

‚ÄúInicialmente prevista para o √ļltimo dia do ano, e considerando o atual enquadramento pand√©mico a n√≠vel nacional e municipal, o Desportivo Oper√°rio do Rangel, ap√≥s cuidada pondera√ß√£o por parte da sua dire√ß√£o e Mesa da Assembleia Geral, cr√™ que n√£o se encontram reunidas as necess√°rias condi√ß√Ķes de sa√ļde p√ļblica para a organiza√ß√£o, em absoluta seguran√ßa, de uma prova com esta natureza e especificidade‚ÄĚ, explicou a organiza√ß√£o em comunicado.

O evento, promovido pelo Clube Desportivo Oper√°rio do Rangel com o apoio da C√Ęmara Municipal da Amadora desde o seu in√≠cio, iria realizar a 46.¬™ edi√ß√£o da prova.

‚ÄúApesar de ser uma modalidade de risco baixo, quando garante o cumprimento das medidas preconizadas pela Dire√ß√£o-Geral da Sa√ļde, esta prova n√£o deixa de ser um grande momento de pr√°tica de exerc√≠cio f√≠sico associado √† boa disposi√ß√£o e alegria, que poderia implicar um risco acrescido e desnecess√°rio tanto para os atletas como para o p√ļblico‚ÄĚ, refere o documento.

A organização da São Silvestre da Amadora, que em 2019 contou com mais de 1.800 atletas, promete voltar a organizar a corrida em 2021.

‚ÄúEm 2021 voltaremos em for√ßa, pintando as ruas com o colorido especial dos atletas e de todos os que assistem √† m√≠tica e mais antiga corrida de S√£o Silvestre de Portugal continental‚ÄĚ, salienta.

As corridas de S√£o Silvestre de Lisboa e Porto v√£o ser disputadas de forma virtual, no √ļltimo fim de semana de 2020, devido √† pandemia provocada pelo novo coronav√≠rus.

As tradicionais corridas de São Silvestre reeditam a original, a de São Paulo, no Brasil, que foi corrida pela primeira vez em 1925 e teve a sua 96.ª edição adiada de 31 de dezembro de 2020 para 11 de julho de 2021, também devido à pandemia de Covid-19.

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 1.685.785 mortos resultantes de mais de 76,2 milh√Ķes de casos de infe√ß√£o em todo o mundo, segundo um balan√ßo feito pela ag√™ncia francesa AFP.

Em Portugal, morreram 6.134 pessoas dos 374.121 casos de infe√ß√£o confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Dire√ß√£o-Geral da Sa√ļde.

LUSA/HN

Maratona de Atenas cancelada

Maratona de Atenas cancelada

A federa√ß√£o grega de atletismo ainda equacionou a possibilidade de realizar a prova com menos participantes e testes √† Covid-19 obrigat√≥rios, mas a proposta foi rejeitada pelas autoridades de sa√ļde do pa√≠s.

De acordo com a organização, os inscritos na prova, que segue a rota lendária supostamente feita pelo mensageiro Fidípides de Maratona e Atenas para anunciar a vitória sobre os persas, poderão ser reembolsados ou transferir a sua inscrição para 2021.

No início de setembro foi cancelada a meia-maratona de Atenas, prova que já tinha sido adiada de 22 de março para 20 de setembro.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos no mundo desde dezembro do ano passado, incluindo 1.977 em Portugal e 393 na Grécia.

LUSA/HN