Escola Nacional de Saúde Pública
White Paper: ferramenta de trabalho para decisores políticos e todos os setores ligados à saúde

White Paper: ferramenta de trabalho para decisores políticos e todos os setores ligados à saúde

A inclusão nas políticas de saúde de setores tradicionalmente menos envolvidos, como a educação, a administração pública, a justiça, o ambiente, o trabalho, a habitação, os transportes e a segurança social, e o aumento da participação dos cidadãos em todos os níveis do sistema de saúde são duas das recomendações do White Paper que a Escola Nacional de Saúde Pública apresenta hoje.

Saúde Pública: ENSP NOVA apresenta recomendações esta terça-feira

A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa, em articulação com mais de 80 organizações parceiras do setor público, social e privado e especialistas nacionais e internacionais de diversas áreas, apresenta, no dia 9 de julho, na Reitoria da Universidade Nova de Lisboa, o White Paper ‘Liderar o caminho para um Futuro Saudável – Inovação ao serviço da Saúde Pública’.

ENSP NOVA e NTT DATA estabelecem parceria para potenciar a inovação em saúde

ENSP NOVA e NTT DATA estabelecem parceria para potenciar a inovação em saúde

A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa (ENSP NOVA) e a consultora global de negócio e tecnologia NTT DATA fornalizaram esta quarta-feira um protocolo de colaboração que vai permitir impulsionar a formação avançada, o desenvolvimento de investigação e projetos de inovação na área da saúde. O objetivo é promover avanços significativos no setor.

“Saúde que Conta” é finalista do Top Health Awards

“Saúde que Conta” é finalista do Top Health Awards

O projeto “Saúde que Conta”, uma iniciativa de investigação nacional que pretende contribuir para o debate público através da análise do papel do cidadão na gestão da sua própria saúde e bem-estar, é finalista da 1.ª edição do Top Health Awards. Trata-se de uma iniciativa da responsabilidade científica da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa (ENSP NOVA), com o apoio da Lilly Portugal, que este ano avança com a 9.ª edição.

Curso Internacional em Saúde e Ambiente com candidaturas abertas

Curso Internacional em Saúde e Ambiente com candidaturas abertas

A Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade NOVA de Lisboa (ENSP NOVA) e o Conselho Português para a Saúde e Ambiente (CPSA) lançaram o primeiro Curso Internacional em Saúde e Ambiente, destinado a profissionais de saúde humana e animal, gestores e outros profissionais das áreas da saúde.

APDH e ENSP NOVA mostram a realidade do sistema de saúde dinamarquês

APDH e ENSP NOVA mostram a realidade do sistema de saúde dinamarquês

A Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar (APDH), em parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa (ENSP NOVA), promove, no dia 18 de janeiro, o webinar “A Saúde na Dinamarca – Descentralização, Integração, Profissionais e Inovação”.

Escola Nacional de Saúde Pública debate vacinação contra a gripe

Escola Nacional de Saúde Pública debate vacinação contra a gripe

A Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) da Universidade Nova de Lisboa organizou um debate sobre a vacinação contra a gripe. A imunização dos profissionais de saúde foi abordada nas duas sessões, já que neste grupo os números ficam aquém do desejado.

ÚLTIMAS

Guadalupe Simões: Quantidade de atos “não se traduz em acompanhamento com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”

Esta sexta-feira, Guadalupe Simões, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, criticou a escolha do Governo de pagar pela quantidade de atos. “Quando o Governo diz que dá incentivos ou que dá suplementos financeiros se fizerem mais intervenções cirúrgicas, se tiverem mais doentes nas listas, se operarem mais doentes no âmbito dos programas do SIGIC, se, se, se, está sempre a falar de quantidade de atos, que não se traduz em acompanhamento das pessoas com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”, explicou ao HealthNews.

Guadalupe Simões: “Reunião apenas serviu para o Ministério da Saúde promover essa chantagem tentando que nós suspendêssemos a greve”

A reunião entre o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) e o Ministério da Saúde “correu muito mal”. Na quinta-feira, “o Ministério da Saúde procurou chantagear o sindicato dizendo que só negociava se a greve fosse suspensa”, contou ao HealthNews Guadalupe Simões, dirigente do SEP, que, por esse motivo, pelos enfermeiros, pelos doentes e pelo SNS, espera que haja uma forte adesão à greve nacional de 2 de agosto.

MAIS LIDAS

OPINIÃO

Guadalupe Simões: Quantidade de atos “não se traduz em acompanhamento com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”

Guadalupe Simões: Quantidade de atos “não se traduz em acompanhamento com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”

Esta sexta-feira, Guadalupe Simões, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, criticou a escolha do Governo de pagar pela quantidade de atos. “Quando o Governo diz que dá incentivos ou que dá suplementos financeiros se fizerem mais intervenções cirúrgicas, se tiverem mais doentes nas listas, se operarem mais doentes no âmbito dos programas do SIGIC, se, se, se, está sempre a falar de quantidade de atos, que não se traduz em acompanhamento das pessoas com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”, explicou ao HealthNews.

Guadalupe Simões: “Reunião apenas serviu para o Ministério da Saúde promover essa chantagem tentando que nós suspendêssemos a greve”

Guadalupe Simões: “Reunião apenas serviu para o Ministério da Saúde promover essa chantagem tentando que nós suspendêssemos a greve”

A reunião entre o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) e o Ministério da Saúde “correu muito mal”. Na quinta-feira, “o Ministério da Saúde procurou chantagear o sindicato dizendo que só negociava se a greve fosse suspensa”, contou ao HealthNews Guadalupe Simões, dirigente do SEP, que, por esse motivo, pelos enfermeiros, pelos doentes e pelo SNS, espera que haja uma forte adesão à greve nacional de 2 de agosto.

Verified by MonsterInsights