Marcelo fez exames cardiológicos que confirmaram “bons resultados” de há dois anos

6 de Novembro 2021

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, fez ontem exames médicos "do foro cardiológico" que "confirmaram a estabilidade e os bons resultados da angioplastia coronária feita há dois anos", anunciou o Palácio de Belém.

O anúncio, feito no portal da Presidência da República na Internet, está assinado pelo coordenador do Serviço de Apoio Médico da Presidência da República, Daniel de Matos.

Marcelo Rebelo de Sousa foi operado de urgência a uma hérnia umbilical, no dia 28 de dezembro de 2018, no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, o que o obrigou a cancelar toda a sua agenda até ao final desse ano e a abrandar o ritmo nas semanas seguintes.

Em 30 de outubro de 2019, foi submetido a um cateterismo cardíaco, desta vez de forma programada, no Hospital de Santa Cruz, em Oeiras.

Segundo a equipa médica, o cateterismo confirmou “a existência de obstruções coronárias importantes que foram tratadas no mesmo procedimento, com sucesso e sem complicações”.

À saída do hospital, Marcelo Rebelo de Sousa considerou que a melhoria do seu estado clínico constituía agora “um fator positivo na ponderação” sobre uma recandidatura.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Miguel Quintas Neves: “Sou um apaixonado pela neurorradiologia em todas as suas manifestações”

Miguel Quintas Neves, neurorradiologista do Hospital de Braga, foi o primeiro português distinguido pela Sociedade Europeia de Neurorradiologia com o prémio de melhor trabalho científico do ano, entregue no passado dia 21 de setembro em Viena de Áustria. Em entrevista ao HealthNews, o médico explicou em que consiste o trabalho vencedor, sobre tauopatia primária relacionada com a idade (PART), falou-nos da paixão pela neurorradiologia, “em todas as suas manifestações”, e criticou a falta de investimento em investigação em Portugal.

Siemens Healthineers: “Já estamos bem na frente em termos de tecnologia, procedimentos, imagem e baixa dose de radiação”

O HealthNews viajou até ao coração da Siemens Healthineers para saber mais sobre a atual tecnologia ao serviço da saúde. “Tem ainda muita coisa para vir no futuro, (…) mas hoje nós já estamos bem na frente em termos de tecnologia, procedimentos, imagem e baixa dose de radiação”, disse Frederico Pasquarelli, Head of Advanced Therapies para o sul da Europa.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights