Número de incêndios aumentou 26,8% em 2022 superando 10.400 ocorrências

22 de Julho 2023

O número de incêndios que deflagraram em Portugal ao longo de 2022 aumentou 26,8% face a 2021, para 10.439, revelou o INE, indicando que, apesar da subida, são cerca de metade da média de ocorrências dos últimos 20 anos.

Estes dados constam das Estatísticas Agrícolas 2022, divulgadas pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que mostram também que a área ardida atingiu os 110,1 mil hectares no Continente e 0,09 mil hectares na região autónoma da Madeira (28,4 mil hectares e 0,07 mil hectares em 2021, respetivamente).

Estes resultados em termos de áreas ardida posicionam 2022 “como o quarto ano mais severo da última década (2013-2022), com quase o dobro da área média ardida no último quinquénio (58,8 mil hectares)”, refere a autoridade estatística nacional.

Sobre o número de incêndios rurais deflagrados, o INE assinala que os 10.439 registados em 2022 traduzem uma subida de 26,8% face a 2021, referindo que este número de ignições, “ainda que superior aos dois últimos anos e à média do último quinquénio, foi cerca de metade do número médio de incêndios registados nos últimos 20 anos”.

As Estatísticas Agrícolas revelam também que o consumo aparente de fertilizantes recuou 37,2% em 2022, com o INE a referir que “para este decréscimo terá contribuído o aumento dos preços dos fertilizantes e corretivos, cujo respetivo índice de preços quase duplicou face a 2021 (+89,9%)”.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Luís Meira diz que Força Aérea não tinha meios para ajudar INEM

O presidente demissionário do INEM revelou hoje que quando o instituto foi forçado a reduzir o serviço de helicópteros durante a noite, no início do ano, contactou a Força Aérea, que disse não ter meios para poder garantir a resposta necessária.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights