Espanha com forte descida diária de mortes para 288

26 de Abril 2020

Madrid, 26 abr 2020 (Lusa) – Espanha registou, nas últimas 24 horas, 288 mortes devido ao novo coronavírus, uma queda significativa em relação aos 378 de sábado, havendo até agora um total de 23.190 óbitos, segundo as autoridades sanitárias do país.

Madrid, 26 abr 2020 (Lusa) – Espanha registou, nas últimas 24 horas, 288 mortes devido ao novo coronavírus, uma queda significativa em relação aos 378 de sábado, havendo até agora um total de 23.190 óbitos, segundo as autoridades sanitárias do país.

De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, há 1.729 novos casos positivos, uma descida também significativa, elevando para 207.634 o total de infetados confirmados pela PCR, o teste mais fiável para detetar o vírus.

Os números diários indicam ainda que nas últimas 24 horas há 3.024 pessoas curadas depois de terem contraído a doença, sendo o total de 98.732 desde o início da pandemia.

“Os dados de hoje mostram uma tendência clara descendente” e “estamos em números que já não víamos há muitas semanas”, sublinhou o diretor dos serviços de Alerta e Emergências Sanitárias do Ministério da Saúde, Fernando Simón, na habitual videoconferência de imprensa em que atualizou a situação da covid-19 em Espanha.

O “estado de emergência” está em vigor no país desde 15 de março e até 09 de maio próximo e Madrid apenas permite a saída para ir ao local de trabalho, para aqueles que o não possam fazer a partir de casa, ou para adquirir ou consumir bens considerados essenciais.

Depois de seis semanas de confinamento, as crianças até aos catorze anos de idade foram autorizadas, a partir de hoje, a sair à rua durante uma hora por dia, das 09:00 às 21:00, acompanhadas por um adulto, até a um quilómetro das suas casas, podendo levar brinquedos consigo, embora tenham de se manter afastadas de outros menores.

O Presidente do Governo, Pedro Sánchez, anunciou este sábado que o plano de “transição para uma nova normalidade” será anunciado na próxima terça-feira, mas já avançou algumas medidas, como a possibilidade de os adultos poderem sair de casa para fazer desporto individualmente ou fazer caminhadas com uma pessoa que viva debaixo no mesmo teto, a partir de 02 de maio próximo.

Espanha é o segundo país com mais mortos com a pandemia por cada milhão de habitantes (490 óbitos), depois da Bélgica (612) e antes da Itália (436) e França (346), numa lista em que os Estados Unidos têm 164 e Portugal 86.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 200 mil mortos e infetou mais de 2,8 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram, entretanto, a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos, como Dinamarca, Áustria, Espanha ou Alemanha, a aliviar algumas das medidas.

Lusa/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

APDI dedica mês de maio à consciencialização para a Doença Inflamatória do Intestino (DII)

A APDI – Associação Portuguesa da Doença Inflamatória do Intestino, colite ulcerosa, doença de Crohn está a dedicar, mais uma vez, o mês de maio à consciencialização para a Doença Inflamatória do Intestino (DII) seguindo as indicações da EFFCA – Federação Europeia das  Associações de Doença de Crohn e Colite Ulcerosa que neste ano de 2024 escolheu como mote “A  DII não tem fronteiras”.

Nuno Jacinto: “A Medicina Geral e Familiar tem um papel central em todos os sistemas de saúde”

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) reforçou a importância da especialidade na promoção da saúde e prevenção da doença. No âmbito do Dia Mundial do Médico de Família, Nuno Jacinto falou ao HealthNews sobre os constragimentos que estes profissionais de saúde enfrentam e dos desafios que os cuidados de saúde primários enfrentam em Portugal.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights