OMS volta a reunir comité de emergência

30 de Abril 2020

Genebra, 29 abr 2020 (Lusa) - A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reunir na quinta-feira o comité de emergência para avaliar a progressão da pandemia de covid-19, quase quatro meses depois de a organização ter detetado o surto do novo coronavírus.

Genebra, 29 abr 2020 (Lusa) – A Organização Mundial de Saúde (OMS) vai reunir na quinta-feira o comité de emergência para avaliar a progressão da pandemia de covid-19, quase quatro meses depois de a organização ter detetado o surto do novo coronavírus.

O anúncio foi feito pelo secretário-geral da organização, Tedros Ghebreyesus, que afirmou que o comité vai analisar toda a “nova informação” reunida sobre a pandemia desde a última reunião, que aconteceu em 30 de janeiro.

“Desde o início [do surto], a OMS agiu de forma rápida e determinada”, argumentou, acrescentando que a organização “soou o alarme rapidamente e reiteradamente” desde os primeiros sinais de alarme dados a 31 de dezembro de 2019, quando o sistema de alerta epidemiológico tomou nota de um conjunto de casos de pneumonia de origem desconhecida na cidade chinesa de Wuhan.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 217 mil mortos e infetou mais de 3,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Perto de 860 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 973 pessoas das 24.505 confirmadas como infetadas, e há 1.470 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Lusa/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Relatório de saúde STADA 2024: sistemas de saúde na Europa precisam de reformas urgentes

Os sistemas de saúde europeus estão em crise e necessitam de uma reforma urgente, revela o Relatório de Saúde da STADA 2024. Este inquérito representativo, que envolveu cerca de 46.000 entrevistados em 23 países europeus, destaca que os sistemas de saúde não conseguem atender adequadamente às necessidades de muitos europeus, levando-os a assumir a responsabilidade pela sua própria saúde.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights