Novo Nordisk organiza as “Obesity Talks”

5 de Maio 2020

O ciclo de webinars “Obesity Talks”, organizado pela Novo Nordisk, realiza-se nos dias 12 de maio, 02 de junho e 30 de junho, sempre às terças-feiras às 21h30, através da plataforma Dr. Share.

Estas talks, dedicadas a profissionais de saúde, têm no centro a pessoa com Obesidade e seu tratamento numa abordagem 360º, informa a Novo Nordisk em comunicado.

Na nota à imprensa lê-se que o mote deste ciclo de três webinars que pretende fomentar a discussão sobre a obesidade entre os profissionais de saúde, através da análise da doença, fatores e comorbilidades associadas, guidelines e abordagens terapêuticas farmacológicas e não farmacológicas, centrado na discussão de casos clínicos será “Tratamento com peso e m

A primeira talk, “Cuidar da pessoa com obesidade”, a 12 de maio, será dirigida por Paula Freitas, presidente da Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade (SPEO) e, para além das abordagens terapêuticas não farmacológicas, debate a obesidade enquanto doença ou condição física, através da apresentação de um caso clínico. A importância do diálogo com a pessoa com Obesidade e a definição de metas ponderais adequadas é também um dos temas que estará em destaque neste webinar.

“Tratar a pessoa com obesidade” será o tema da segunda talk, da responsabilidade de Selma Souto, secretária-geral da SPEO. No dia 2 de junho, a endocrinologista irá apresentar um caso clínico que vai permitir discutir as guidelines para tratar a pessoa com Obesidade e como as aplicar. Também neste webinar, Selma Souto irá explorar as diferentes opções de tratamento farmacológico, com foco na perda de peso e sua manutenção a longo prazo, mas também o tratamento cirúrgico existente.

A 30 de junho, a terceira talk sobre obesidade, dirigida por Rosa Maria Príncipe, diretora do Serviço de Endocrinologia na Unidade Local de Saúde de Matosinhos, pretende promover a discussão da Obesidade para além do peso. Neste webinar, através de casos clínicos, serão abordadas as comorbilidades associadas à Obesidade, como é o caso da Pré-Diabetes/Diabetes tipo 2, da síndrome da apneia obstrutiva do sono e do risco acrescido de doenças cardiovasculares.

A participação nas “Obesity Talks” é livre e gratuita para todos os profissionais de saúde, mediante inscrição prévia na plataforma Dr. Share (https://www.drshare.pt). Os profissionais de saúde inscritos terão acesso a um conjunto de materiais científicos relacionados com o controlo da Obesidade e, após participação nas três webinars, à possibilidade de realizarem uma avaliação final, com emissão de certificado.

“Cerca de 60% dos portugueses têm obesidade ou vivem em risco de desenvolverem essa condição, segundo indicou um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto. Entre 2020 e 2050, espera-se que o excesso de peso e as doenças associadas reduzam a esperança média de vida nos países da OCDE e da União Europeia em cerca de 3 anos, como destaca um relatório recente da OCDE. Em Portugal, estima-se uma redução de 2,2 anos nesse período. Estes dados provam que é cada vez mais urgente tratar a obesidade o mais efetiva e precocemente possível. É este sentido de urgência que nos leva a organizar este ciclo de talks, colocando profissionais experientes no tratamento da obesidade a partilhar os seus conhecimentos com os médicos das mais variadas áreas de especialidade, para que tenham maior conhecimento sobre esta doença crónica, complexa e multifatorial e estejam mais aptos para o seu tratamento”, destaca Anja Salehar, diretora geral da Novo Nordisk Portugal.

CI/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Relatório de saúde STADA 2024: sistemas de saúde na Europa precisam de reformas urgentes

Os sistemas de saúde europeus estão em crise e necessitam de uma reforma urgente, revela o Relatório de Saúde da STADA 2024. Este inquérito representativo, que envolveu cerca de 46.000 entrevistados em 23 países europeus, destaca que os sistemas de saúde não conseguem atender adequadamente às necessidades de muitos europeus, levando-os a assumir a responsabilidade pela sua própria saúde.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights