Dia Mundial do Cancro do Ovário assinala-se hoje

8 de Maio 2020

A GSK compromete-se a acelerar o crescimento orgânico das suas atividades de I&D nesta área de modo a desenvolver novas soluções terapêuticas, para as pessoas que vivem com cancro”, explica Silvia Guichardo, Diretora-Geral da GSK Portugal.

Assinala-se esta sexta-feira, o Dia Mundial do Cancro do Ovário,  o oitavo mais comum em mulheres de todo o mundo.

As pessoas com esta doença têm uma taxa de sobrevivência de cinco anos inferior a 50%. Todos os anos, mais de 300 mil mulheres são diagnosticadas com cancro do ovário, em todo o mundo, sendo que a maioria dos diagnósticos surge já em fase avançada. Anualmente, cerca de 600 mulheres portuguesas são diagnosticadas com cancro do ovário.

“O cancro do ovário apresenta uma das mais elevadas taxa de mortalidade entre todos os tumores ginecológicos e cerca de 85% das mulheres com cancro do ovário avançado pode sofrer uma progressão da doença, caso não tenham acesso a terapêutica de manutenção. Para a GSK é uma prioridade conseguir disponibilizar todas as ferramentas terapêuticas que os profissionais de saúde necessitem para melhor gerir esta doença”, considera a Dra. Carla Fernandes, Diretora Médica da GSK Portugal, citada em comuniado enviado aos órgão de comunicação

O cancro do ovário é vulgarmente conhecido por “assassino silencioso”, uma vez que os sintomas são muito inespecifícos e podem incluir: dores abdominais, enfartamento, abdómen distendido, alteração do trânsito intestinal (novo e persistente). Os principais fatores de risco incluem variáveis de ordem genética (historial na família; histórico de cancro da mama com mutações BRCA1, BRCA2), historial de administração de tratamentos de fertilidade, idade, obesidade, entre outros.

“Segundo a Organização Mundial da Saúde registaram-se, em todo o mundo, 18 milhões de novos casos de cancro, dos quais 23,4% na Europa, e morreram 10 milhões de pessoas no planeta, vítimas de cancro, em 2018. O número de novos casos de doença oncológica deverá aumentar cerca de 58%, em 2035, segundo um relatório do Fundo Mundial para a Pesquisa do Cancro, da OMS. Face a esta realidade, decidimos acelerar o crescimento orgânico das nossas atividades de I&D nesta área que nos permitam desenvolver novas soluções terapêuticas, verdadeiramente transformadoras, para as pessoas que vivem com cancro”, explica Silvia Guichardo, Diretora-Geral da GSK Portugal.

Em Portugal, a GSK assinala o Dia Mundial do Cancro do Ovário com o apoio à realização de uma conferência virtual dedicada ao tema “COVID-19 e Cancro do Ovário: o que saber e o que fazer”, transmitida no dia 8 de maio, às 16h, na rádio TSF. No dia seguinte, 9 de maio, o jornal Diário de Notícias publica uma reportagem especial sobre o tema, com a participação de representantes de associações de doentes, profissionais de saúde e responsáveis de sociedades médicas.

CI/HN

 

CI/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

ULS de Braga certifica mais 35 profissionais no âmbito do Programa Qualifica AP

A Unidade Local de Saúde de Braga (ULS de Braga) finalizou, esta semana, o processo de certificação de mais 35 profissionais, no âmbito do Programa Qualifica AP, uma iniciativa desenvolvida em parceria com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), através do Centro Qualifica AP.

PCP apresenta medidas para “inverter a degradação” do SNS

O PCP apresentou esta sexta-feira algumas medidas urgentes para “inverter a degradação” do Serviço Nacional de Saúde (SNS), criticando as “políticas de vários governos” de PS, PSD e CDS, que abriram “caminho para a destruição” daquele serviço público.

DE-SNS mantém silêncio perante ultimato da ministra

Após o Jornal Expresso ter noticiado que Ana Paula Martins deu 60 dias à Direção Executiva do SNS (DE-SNS) para entregar um relatório sobre as mudanças em curso, o HealthNews esclareceu junto do Ministério da Saúde algumas dúvidas sobre o despacho emitido esta semana. A Direção Executiva, para já, não faz comentários.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights