China impõe restrições nas viagens a província do nordeste após novos casos

13 de Maio 2020

A China impôs hoje restrições a deslocações à província de Jilin, no nordeste do país, num esforço para conter a propagação do novo coronavírus, depois de serem diagnosticados vários casos nos últimos dias.

“A situação é séria e há o risco significativo de maior disseminação”, advertiu Gai Dongping, vice-presidente da câmara da cidade de Jilin.

Jilin suspendeu comboios de passageiros para a província e os residentes são submetidos a testes de despistagem do vírus e só podem sair 48 horas após testarem negativo, segundo a emissora estatal CCTV.

Uma equipa do governo central chegou hoje à cidade de Shulan, onde se acredita que uma cadeia que originou 16 infeções tenha começado. Shulan é o único local na China em nível de alerta máximo para a Covid-19.

Várias grandes cidades do nordeste da China, incluindo Harbin e Dalian, também anunciaram requisitos adicionais de testes e quarentena para viajantes oriundos de Shulan.

A China identificou, nas últimas 24 horas, seis novos casos de contágio local pelo novo coronavírus em Jilin, que faz fronteira com a Rússia e a Coreia do Norte, e onde na última semana foram detetados cerca de trinta casos.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 290 mil mortos e infetou mais de 4,2 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,4 milhões de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPG acolhe polo do Centro de Envelhecimento Ativo

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai acolher um polo do Centro de Competências de Envelhecimento Ativo, que irá desenvolver atividades para criar melhores condições de vida aos idosos da região.

UC integra estudo mundial sobre aumento da obesidade

Mais de um bilião de pessoas vivem atualmente com obesidade no mundo, segundo um estudo internacional em que participaram investigadores da Universidade de Coimbra (UC), divulgou a instituição.

Quinze ULS terão equipas dedicadas na área da Saúde Mental

Os primeiros Centros de Responsabilidade Integrados dedicados à Saúde Mental vão arrancar em 15 Unidades Locais de Saúde, numa primeira fase em projeto-piloto e durante 10 meses, segundo uma portaria publicada em Diário da República.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights