Figuras públicas participam em campanha de alerta para sintomas de Enfarte Agudo do Miocárdio

22 de Maio 2020

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) acaba de lançar uma campanha de sensibilização para os sintomas de alarme do Enfarte Agudo do Miocárdio. A iniciativa conta com a participação de várias figuras públicas.

A campanha Cada Segundo Conta surge no âmbito das comemorações do Mês do Coração que se assinala em maio. O presidente da APIC diz que é essencial alertar a população sobre os sinais de alarme deste tipo de enfarte. “Na presença de dor no peito, acompanhada de suores, náuseas, vómitos, falta de ar e ansiedade, a pessoa deve ligar imediatamente para o 112, seguir as recomendações que lhe forem dadas e aguardar pela ambulância. Não deve tentar chegar a um hospital pelos seus próprios meios porque este poderá ser um centro sem capacidade para realizar o tratamento mais adequado”.

A iniciativa apoiada por mais de uma dezena de figuras públicas visa promover um maior e melhor conhecimento do enfarte agudo do miocárdio, assim como alertar para a importância do diagnostico e tratamento atempado.

A campanha conta com o apoio do INEM e o Alto Patrocínio do Presidente da República.

VC

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPG acolhe polo do Centro de Envelhecimento Ativo

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai acolher um polo do Centro de Competências de Envelhecimento Ativo, que irá desenvolver atividades para criar melhores condições de vida aos idosos da região.

UC integra estudo mundial sobre aumento da obesidade

Mais de um bilião de pessoas vivem atualmente com obesidade no mundo, segundo um estudo internacional em que participaram investigadores da Universidade de Coimbra (UC), divulgou a instituição.

Quinze ULS terão equipas dedicadas na área da Saúde Mental

Os primeiros Centros de Responsabilidade Integrados dedicados à Saúde Mental vão arrancar em 15 Unidades Locais de Saúde, numa primeira fase em projeto-piloto e durante 10 meses, segundo uma portaria publicada em Diário da República.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights