Doar sangue é seguro durante a pandemia e necessário “mais do que nunca”

9 de Junho 2020

A Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) quer sensibilizar os portugueses para a necessidade de doar sangue em tempos de Covid-19. Para assinalar o Dia Mundial do Doador de Sangue, que se comemora no dia 14 de junho, a instituição vai homenagear todos os dadores. A FEPODABES garante que é seguro e mais necessário do que nunca.

De acordo com o presidente da federação, Alberto Mota, “este ano, mais do que nunca, precisamos de todos os dadores pois devido à pandemia as universidades e empresas que até aqui organizavam recolhas de sangue, não podem fazê-lo e as unidades móveis não podem circular”.

A redução de dações é uma das principais preocupações da FEPODABES. O presidente da federação garante que “doar sangue pode ser feito com toda a segurança durante a pandemia”, defendo por isso que é necessário reforçar as reservas de sangue neste período que antecede as férias de verão.

Alberto Mota acrescenta que apenas dar dificuldades “é possível doar sangue nos Centros de Sangue e Transplantação de Lisboa, Porto e Coimbra, serviços hospitalares com recolha de sangue e nas recolhas organizadas pelas associações de dadores benévolos de sangue”.

A federação explica que “a cada dois segundos alguém precisa de uma transfusão de sangue e todos os dias são necessárias mil unidades de sangue em Portugal”. Todas as pessoas que apresentem bom estado de saúde, hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 kg e idade compreendida entre os 18 e 65 anos podem doar sangue. A doação pode ser feita de quatro em quatro meses pelas mulheres e de três em três meses pelos homens. A FEPODABES garante que todas as dúvidas são sempre esclarecidas antes do processo.

Para promover a doação de sangue, a FEPODABES vai criar uma ação de sensibilização nas praias portuguesas no final do mês de julho e durante o todo o mês de agosto. “A dádiva de sangue é benévola e não remunerada”.

PR/HN/Vaishaly Camões

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos junta partidos para debater o setor antes das legislativas

A Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF) vai organizar, no próximo dia 26 de fevereiro, um debate público para discutir as principais preocupações do setor farmacêutico para os próximos anos. O evento “Prioridades para o Ecossistema Farmacêutico e da Saúde”, a ter lugar no Centro Ciência Viva, em Lisboa, vai reunir representantes dos partidos políticos num debate que antecede as eleições legislativas. 

Workshop sobre Obesidade assinala Dia Mundial no Porto

No próximo dia 4 de março, Dia Mundial da Obesidade, a cidade do Porto acolhe um workshop gratuito sobre Obesidade, com o intuito de se falar abertamente sobre esta doença que afeta quase mil milhões de pessoas em todo o mundo.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights