Província chinesa volta a estabelecer restrições rígidas a contactos sociais

18 de Janeiro 2021

A província chinesa de Hebei, que luta contra um aumento nos casos do novo coronavírus, está a restabelecer restrições rígidas a casamentos, funerais e outras reuniões familiares, ameaçando os infratores com acusações criminais.

O anúncio do tribunal superior de Hebei não forneceu detalhes, mas referiu que todos os tipos de reuniões sociais agora estão a ser regulamentadas para evitar a propagação do SARS-CoV-2.

Hebei teve um dos surtos mais graves na China nos últimos meses, em meio a medidas para conter a propagação durante o feriado do Ano Novo Lunar, que ocorreu em fevereiro. As autoridades pediram aos cidadãos que não viajassem, ordenaram que as escolas encerrassem uma semana antes e realizaram testes em grande escala.

Hebei registou outros 54 novos casos nas últimas 24 horas, indicou esta segunda-feira a Comissão Nacional de Saúde, enquanto a província de Jilin (norte), registou 30 casos e a província de Heilongjiang (norte) sete.

Pequim teve dois novos casos e a maioria dos edifícios e condomínios habitacionais agora exigem prova de um teste do novo coronavírus negativo à entrada.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.022.740 mortos resultantes de mais de 94,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Microbiota Vaginal

Catarina Peixinho
Médica Ginecologia/Obstetra
Hospital Pedro Hispano/ULSM

Sindicatos de enfermeiros unem-se em compromisso pela enfermagem

Cinco sindicatos de enfermeiros uniram-se esta terça-feira em compromisso pela enfermagem e redigiram um memorando de entendimento com as reivindicações conjuntas, que pretende ser “um sinal de força” para a profissão, mas também para a negociação com o futuro Governo.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights