Miguel Nunes (Xerox): “Os nossos serviços permitem fazer uma transição para o digital centrada nas pessoas e não no papel.”

29 de Março 2021

A apresentação do evento "Inovação como alavanca de transformação digital na prestação de melhores cuidados de saúde" será feita por Linda Watts (Clinical Systems Programme Manager, Imperial College Hospitals, UK) e estará focada nos desafios que o Imperial College de Londres apresentou à Xerox e como, em parceria, foi possível implementar uma estratégia digital com excelentes resultados possíveis de mensurar.

A apresentação do evento “Inovação como alavanca de transformação digital na prestação de melhores cuidados de saúde” será feita por Linda Watts (Clinical Systems Programme Manager, Imperial College Hospitals, UK) e estará focada nos desafios que o Imperial College de Londres apresentou à Xerox e como, em parceria, foi possível implementar uma estratégia digital com excelentes resultados possíveis de mensurar.

No próximo dia 07 de abril a Xerox, empresa norte-americana especializada no setor da tecnologia de informação e comunicação, em colaboração com o Healthnews.pt, irá promover um webinar sobre os desafios que as organizações de saúde enfrentam e como entender que a saúde digital é diferente de apenas digitalizar as informações. Trata-se de uma nova mentalidade, da adoção de uma nova abordagem e de uma visão clara sobre os sistemas que suportam em paralelo, os melhores cuidados de saúde.

Sem acesso rápido ao histórico clínico do paciente, sem registos atualizados ou informação em tempo real e comunicação personalizada às pessoas; no contexto de pandemia actual, torna ainda mais difícil a concretização da premissa número um: a prestação dos melhores cuidados de saúde.

O investimento contínuo da Xerox em inovação, permite-lhe desenvolver soluções adequadas às necessidades do sector da saúde, capazes de acrescentar valor e com a flexibilidade necessária para se adaptar de forma rápida aos desafios que a Pandemia trouxe e que ninguém seria capaz de prever.

As novas soluções desenvolvidas pela companhia já estão a ser utilizadas pelo Imperial College Healthcare NHS Trust e demonstraram capacidade de conectar todas as variáveis e sistemas mesmo num ambiente altamente complexo, digitalizando registos médicos para facilitar a comunicação com as pessoas, fazendo a integração de novas ferramentas para uma gestão da informação mais eficiente e a personalizar as interações com as pessoas garantindo a conformidade com todos os regulamentos.

De acordo com a Xerox estas soluções permitem novas formas de armazenamento da informação – uma oportunidade que representa uma mais-valia para a área da Saúde.

Muitos estudos indicam claramente que a Pandemia veio desacelerar as iniciativas de transformação digital em curso em muitas unidades, pela necessidade premente de re-alocar recursos para outras áreas e assim fazer face aos crescentes custos com a 1ª linha de cuidados de saúde.

Mas o que também se verifica, é que essa desaceleração provoca em paralelo que as organizações de saúde tenham que enfrentar outro desafio acrescido. Num momento crítico em que mais do que nunca é necessário acesso rápido à informação, disponibilidade de dados fiáveis e rapidez na comunicação, as organizações veem-se obrigadas a ter que gerir processos desligados e sem a informação correcta, numa abordagem fragmentada de atendimento e suportada por tecnologia desactualizada.

Através de tecnologia inovadora a Xerox oferece aos seus clientes “a digitalização de forma inteligente”, de toda e qualquer tipo de informação.

Neste sentido, o evento irá apresentar a forma como os novos recursos tecnológicos permitiram otimizar o atendimento, o serviço mais rápido, integrado e eficiente do Imperial College. “No pico da pandemia os hospitais estavam completamente perdidos e não sabiam quem é que estava disponível para trabalhar, quem estava doente ou de quarentena… A informação não circulava e, um dos desafios que foi colocado à Xerox foi desenvolver uma app especifica para o cliente que permitia verificar o número de profissionais disponíveis e os seus horários”, explica Miguel Nunes, Global Offer Lead – Digital Patient/Healthcare, Xerox Services.

Também ao nível do plano de vacinação, a Xerox está a suportar a cadeia de comunicação com os utentes, por forma a garantir máxima precisão nas convocatórias e na gestão da calendarização.

Realizaram a triagem entre a informação fornecida pelo Imperial Collage, que integra cinco Hospitais Públicos de Londres. Com base no histórico clínico dos utentes, a idade, patologias, entre outros dados a Xerox disponibilizou ao Imperial Collage informação sobre os utentes disponíveis para a vacinação.

Em termos práticos estas novas ferramentas não se limitam apenas à digitalização dos documentos, como permitem com que essa mesma informação possa ser integrada, de forma quase automática, nos sistemas.

As novas ferramentas desenvolvidas pela Xerox possibilitam, assim, uma melhor experiência por parte do utente que passa a ter acesso a informações actualizadas em tempo real, ao mesmo tempo em que é melhorada a comunicação entre GPs, médicos e pacientes.

A sessão online arranca pelas 17h00, no dia 07 de abril, e prolonga-se até as 18h00.

Convite: https://healthnews.pt/convite/

HN/Vaishaly Camões

 

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

IPO do Porto vai criar Conselho Consultivo do Doente

O Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto vai criar “ainda este ano” o Conselho Consultivo do Doente Oncológico, para dar voz aos utentes e contribuir para a literacia em saúde em Portugal, foi hoje anunciado.

O impacto da inflamação na DII

Enquanto na Doença de Crohn o intestino grosso tem uma inflamação que pode envolver todas as camadas da parede do intestino, na Colite Ulcerosa apenas a camada superficial do intestino grosso está inflamada.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights