Remodelação dará “dignidade” ao Centro de Saúde das Lajes do Pico

1 de Fevereiro 2022

O secretário da Saúde do Governo dos Açores defendeu na segunda-feira que a remodelação do Centro de Saúde das Lajes do Pico, orçada em 1,8 milhões de euros, “vai dar dignidade aos cuidados de saúde” naquela ilha.

Em comunicado, o executivo açoriano (PSD/CDS-PP/PPM) revela que o projeto de remodelação do equipamento foi apresentado ontem naquele concelho pelo secretário da Saúde, Clélio Meneses, e pela secretária das Obras Públicas, Ana Carvalho.

Citado no comunicado, o secretário regional defendeu que a obra “vai dar dignidade aos cuidados de saúde na ilha do Pico” e lembrou que o atual executivo “cumpriu a palavra de reabrir os serviços de atendimento permanente dos centros de saúde das Lajes e São Roque do Pico”.

“Já foram contratados no último ano sete enfermeiros e um médico, tendo ficado desertos dois concursos para a contratação de mais dois médicos, o que se espera que seja ultrapassado com o novo regime de incentivos à fixação publicado recentemente”, acrescentou Clélio Meneses, segundo a nota de imprensa.

A intervenção, que terá um “prazo de execução de 420 dias”, vai “capacitar o edifício de espaços especializados na unidade básica de urgência, nos serviços médicos e de enfermagem, diagnóstico e terapêutica, internamento e administrativos”.

“A empreitada de remodelação do Centro de Saúde das Lajes do Pico tem como objetivo principal dotar o centro de saúde de melhores condições físicas para os seus profissionais e utentes, que passam, por um lado, por corrigir um conjunto de patologias existentes e, por outro, por alterar a distribuição funcional de serviços”, informa o governo.

Em 09 de novembro de 2021, o presidente do Governo dos Açores, o social-democrata José Manuel Bolieiro, anunciou que obra de reabilitação do Centro de Saúde das Lajes do Pico deveria arrancar no início de 2022.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Trabalhadores do Hospital de Braga não querem regressar à Parceria Público-Privada

Os trabalhadores do Hospital de Braga não querem regressar à Parceria Público-Privada (PPP), garante Camilo Ferreira, coordenador da Comissão de Trabalhadores, que recordou, em conversa com o HealthNews, a exaustão dos profissionais naquele modelo de gestão e, como Entidade Pública Empresarial (EPE), a melhoria das condições de trabalho e do desempenho.

Menopausa: Uma doença ou um processo natural de envelhecimento?

A menopausa foi o “elefante na sala” que a Médis trouxe hoje ao Tejo Edifício Ageas Tejo. O tema foi abordado numa conversa informal que juntou diversos especialistas. No debate, os participantes frisaram que a menopausa não é uma doença, mas sim um “ciclo de vida”. 

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights