Professor da UMinho premiado na Colômbia

O presidente da Escola de Engenharia da Universidade do Minho, Pedro Arezes, é o primeiro português distinguido pela Fundação Internacional de Prevenção de Riscos Ocupacionais. O “Prémio de Reconhecimento Especial” foi entregue na Colômbia.

Pedro Arezes recebeu o “Prémio de Reconhecimento Especial” da Fundação Internacional de Prevenção de Riscos Ocupacionais pelo seu trabalho em prol do bem-estar das pessoas em empresas e da afirmação da área da ergonomia. É a primeira distinção de um português nos Prémios ORP, criados há 12 anos para laurear profissionais e empresas de excelência na área, atribuídos pela Fundação ORP.

“A distinção apanhou-me de surpresa e representa um momento muito especial de reconhecimento de um trabalho de mais de 40 anos do grupo de Engenharia Humana da UMinho, a que pertenço e que tive a oportunidade de liderar”, referiu Pedro Arezes.

Pedro Arezes disse também querer partilhar o prémio com as centenas de investigadores que passaram pelo seu grupo e “deram o seu inestimável contributo para este sucesso”.

O prémio foi entregue no Centro de Convenções de Cartagena das Índias, na Colômbia, no âmbito da 22.ª edição do Congresso Internacional ORP, que junta anualmente profissionais do setor e discute os últimos avanços em ergonomia, segurança, higiene, medicina do trabalho, formação, psicossociologia e promoção de saúde nas organizações.

No evento, Pedro Arezes deu também uma palestra sobre a ergonomia na missão espacial a Marte como referência para a investigação aplicada a empresas e a postos de trabalho.

PR/HN/RA

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Share This