Teva abre inscrições para Prémios Humanizar a Saúde

16 de Setembro 2022

A TEVA abriu o concurso para as candidaturas à segunda edição dos Prémios Humanizar a Saúde. As inscrições podem ser submetidas até 7 de outubro.

Pode efetuar a sua inscrição no website da TEVA ou enviando a documentação correspondente para o endereço de correio eletrónico Humanizarasaude@tevapharm.com.

Esta iniciativa visa reconhecer o trabalho de projetos que promovem a melhoria da qualidade de vida dos doentes. Os Prémios terão em conta que as iniciativas selecionadas contribuem com valor ético para o sistema de saúde, proporcionando um ambiente e tratamento mais afetivo, próximo e humano, e que, a longo prazo, conduzem a uma melhoria da qualidade dos cuidados e do tratamento dos doentes.

A nova edição irá mais uma vez reconhecer o trabalho de cinco iniciativas. O valor (5.000 euros) será atribuído ao candidato em forma de donativo para o desenvolvimento da atividade.

“Acreditamos que as iniciativas que procuram a excelência nos cuidados dão sentido ao que chamamos ‘Humanização dos Cuidados de Saúde’, aportando valores éticos e valores de humanidade e proximidade aos próprios cuidados. O nosso compromisso é continuar a dar-lhes visibilidade para que, juntos, possamos fazer da humanização outra parte dos cuidados de saúde e cumprir a nossa máxima de assegurar que as pessoas tenham uma melhor qualidade de vida do ponto de vista mental e emocional. Assim, com estes prémios reconhecemos o trabalho conjunto de profissionais de saúde, doentes, familiares, cuidadores e administrações para descobrir novas possibilidades e soluções que melhorem o quotidiano de todos”, explica Marta Gonzalez Casal, diretora-geral da Teva Portugal.

PR/HN/RA

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Guilherme Veríssimo: “A saúde começa pela boca”

A evidência científica comprova que a má saúde oral está diretamente relacionada com 23 doenças sistémicas, entre elas a diabetes e as doenças cardiovasculares, e cinco tipos de cancro. Esta realidade pode surpreender a maior parte da população, mas não os dentistas. Em entrevista ao nosso jornal, o Médico Dentista, Guilherme Veríssimo, frisa que a “saúde oral não se resume a uma questão estética”, deixando alguns alertas para a importância da correta higienização dos dentes. O médico dentista aproveitou ainda para desmistificar alguns dos principais mitos associados à doença peridontal.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights