BE/Açores quer novo edifício ou ampliação da unidade de hemodiálise em Ponta Delgada

8 de Novembro 2022

O BE/Açores anunciou esta segunda-feira que vai propor uma “grande ampliação” ou a construção de raiz de um edifício para a unidade de hemodiálise do hospital de Ponta Delgada, no âmbito da discussão do Orçamento da região para 2023.

 Em declarações à imprensa após visitar a unidade, o líder dos bloquistas açorianos, António Lima, alertou para as “dificuldades estruturais” do edifício da hemodiálise, defendendo que é necessário uma infraestrutura que “sirva melhor a população”.

“Há um Orçamento da região, que está para ser discutido e votado este mês, que não contempla uma grande ampliação desta unidade. Isso é fundamental. É algo que o BE estará atento e apresentará como medida para o próximo Orçamento porque é urgente”, declarou.

António Lima destacou que o número de utentes tem “crescido muito ao longo dos anos” e alertou que as intervenções projetadas pelo Governo dos Açores (PSD/CDS-PP/PPM) para a unidade de hemodiálise do Hospital Divino Espírito Santo são insuficientes.

“A necessidade de ampliar esta unidade, e até eventualmente de criar uma nova unidade de raiz, coloca-se de forma urgente. A ampliação imediata que está prevista é uma pequena ampliação, que é urgente e fundamental, mas temos de ir para além disso”, afirmou.

O deputado do BE no parlamento açoriano defendeu ainda que o executivo açoriano tem de intervir para resolver as “dificuldades de transporte” dos doentes daquela unidade.

“Não é aceitável que um doente depois de quatro horas de diálise fique a aguardar mais de uma hora pelo transporte. Isso não deve, de forma alguma, acontecer”, criticou.

Em novembro de 2021, o presidente da delegação dos Açores da Associação Portuguesa de Insuficientes Renais criticou as condições “desumanas” do serviço de hemodiálise do hospital de Ponta Delgada e acusou o secretário da Saúde de não dar resposta às queixas da associação.

As propostas de Plano e Orçamento dos Açores para 2023 são discutidas e votadas em plenário a partir de 21 de novembro.

PSD, CDS-PP e PPM, que formam governo, têm juntos 26 deputados, necessitando de acordos parlamentares com IL, CH e deputado independente (ex-Chega) para alcançarem maioria, num parlamento composto por 57 deputados, onde estão representados também PS, BE e PAN.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Prémio de Investigação Noémia Afonso recebe trabalhos até 31 de julho

O Prémio de Investigação Noémia Afonso, promovido pela Sociedade Portuguesa de Senologia (SPS), anunciou a extensão do prazo de envio dos trabalhos até 31 de julho de 2024. A iniciativa tem como objetivo incentivar a cultura científica e fomentar a investigação clínica na área do cancro da mama.

Guadalupe Simões: Quantidade de atos “não se traduz em acompanhamento com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”

Esta sexta-feira, Guadalupe Simões, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, criticou a escolha do Governo de pagar pela quantidade de atos. “Quando o Governo diz que dá incentivos ou que dá suplementos financeiros se fizerem mais intervenções cirúrgicas, se tiverem mais doentes nas listas, se operarem mais doentes no âmbito dos programas do SIGIC, se, se, se, está sempre a falar de quantidade de atos, que não se traduz em acompanhamento das pessoas com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”, explicou ao HealthNews.

Guadalupe Simões: “Reunião apenas serviu para o Ministério da Saúde promover essa chantagem tentando que nós suspendêssemos a greve”

A reunião entre o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) e o Ministério da Saúde “correu muito mal”. Na quinta-feira, “o Ministério da Saúde procurou chantagear o sindicato dizendo que só negociava se a greve fosse suspensa”, contou ao HealthNews Guadalupe Simões, dirigente do SEP, que, por esse motivo, pelos enfermeiros, pelos doentes e pelo SNS, espera que haja uma forte adesão à greve nacional de 2 de agosto.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights