Filandorra leva o teatro aos utentes do hospital de Vila Real neste Natal

16 de Dezembro 2022

A Filandorra vai levar o teatro aos utentes dos serviços de oncologia, pediatria e consultas externas do hospital de Vila Real, na terça-feira, no âmbito das iniciativas de Natal que fecham esta época da companhia, foi esta sexta-feira anunciado.

A Filandorra, sediada em Vila Real, disse que vai fazer uma digressão por cinco concelhos do Interior Norte do país nesta época natalícia e uma das iniciativas vai passar pelo Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro (CHTMAD).

Levar “alegria e esperança” é o mote da companhia para a atividade “Contos à Solta” que os atores vão realizar nos serviços de oncologia, pediatria e consultas externas, numa “interação direta entre a literatura e a memória cultural”, a partir da obra de Alexandre Parafita “Diabos e Diabritos…num saco de mafarricos”.

Hoje, a companhia está em Miranda do Douro, distrito de Bragança, a partilhar a produção “Os Músicos da Aldeia… Natal”, uma adaptação do clássico da literatura para a infância da autoria dos Irmãos Grimm, com as crianças da rede escolar do pré-escolar e 1.º ciclo do concelho no âmbito da iniciativa “Tierra Natal”, promovida pelo município.

No sábado, a companhia viaja até à vila raiana de Freixo de Espada à Cinta para apresentar, para todos os públicos, “Os Músicos da Aldeia… Natal” e, no dia a seguir, vai às aldeias de Freixiel e de Vilas Boas, no concelho de Vila Flor, para espetáculos aberto a toda a comunidade.

Segundo disse a Filandorra, em comunicado, a iniciativa é apoiada pelo município de Vila Flor e “visa aproximar as suas populações com a arte do teatro, proporcionando uma experiência diferente e enriquecedora a partir do teatro enquanto arte universal de todos e para todos”.

O ciclo de atividade teatral da Filandorra em 2022 encerra na quarta-feira, em Vinhais, com a primeira apresentação pública do projeto artístico que a companhia está a desenvolver desde setembro naquele concelho no âmbito do programa Cultura Para Todos – Inclusão Social.

Os cerca de 20 elementos que integram o projeto apresentam-se pela primeira vez ao público com a performance “História de Uma Boneca Abandonada”, de Alfonso Sastre, numa adaptação e encenação de Débora Ribeiro com a direção artística de David Carvalho.

A produção guia, de acordo com a companhia, “o espetador numa reflexão sobre a importância de cuidar e dar valor às coisas, sobre a importância do amor e da justiça”.

Recentemente a Filandorra foi excluída do apoio por parte da Direção-Geral das Artes (DGARTES) para os próximos quatro anos, o que levou a companhia a mostrar-se em “choque” e a apelar ao “bom senso e ato político” do ministro da Cultura.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Guadalupe Simões: Quantidade de atos “não se traduz em acompanhamento com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”

Esta sexta-feira, Guadalupe Simões, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, criticou a escolha do Governo de pagar pela quantidade de atos. “Quando o Governo diz que dá incentivos ou que dá suplementos financeiros se fizerem mais intervenções cirúrgicas, se tiverem mais doentes nas listas, se operarem mais doentes no âmbito dos programas do SIGIC, se, se, se, está sempre a falar de quantidade de atos, que não se traduz em acompanhamento das pessoas com a qualidade e segurança que qualquer pessoa deverá exigir”, explicou ao HealthNews.

Guadalupe Simões: “Reunião apenas serviu para o Ministério da Saúde promover essa chantagem tentando que nós suspendêssemos a greve”

A reunião entre o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) e o Ministério da Saúde “correu muito mal”. Na quinta-feira, “o Ministério da Saúde procurou chantagear o sindicato dizendo que só negociava se a greve fosse suspensa”, contou ao HealthNews Guadalupe Simões, dirigente do SEP, que, por esse motivo, pelos enfermeiros, pelos doentes e pelo SNS, espera que haja uma forte adesão à greve nacional de 2 de agosto.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights