Líder da tentativa de sequestro da governadora do Michigan condenado a 16 anos de prisão

28 de Dezembro 2022

O homem acusado de liderar um plano para sequestrar a governadora do Michigan, a democrata Gretchen Whitmer, foi condenado a 16 anos de prisão, a sentença mais longa até agora de todos os envolvidos neste caso.

Adam Fox foi condenado a 16 anos de prisão, seguidos de cinco anos de liberdade condicional, por conspirar para sequestrar a democrata e por querer utilizar uma “arma de destruição em massa” para fazê-lo, acusações pelas quais tinha sido condenado em agosto, divulgou terça-feira o Departamento de Justiça dos EUA.

Os procuradores federais, que pediram prisão perpétua, consideraram Fox como a “força motriz” responsável pela tentativa de sequestro da governadora em 2020 na sua casa de férias, com o objetivo de iniciar uma “segunda revolução americana”, segundo relatos dos ‘media’ norte-americanos.

A arma de destruição em massa era uma bomba que os procuradores dizem que os conspiradores planeavam detonar para impedir uma resposta da polícia ao sequestro e que seria colocada sob um viaduto interestadual, perto de uma faixa para pedestres.

Barry Croft Jr., co-conspirador desta trama, conhecerá a sua sentença esta quarta-feira.

Duas outras pessoas diretamente implicadas nesse plano – Ty Garbin e Kaleb Franks – foram condenadas no passado a dois anos e meio e quatro anos de prisão, respetivamente.

Em meados de dezembro, três outros homens foram condenados a até 12 anos de prisão por apoiarem os planos de sequestro de Whitmer, depois de terem sido condenados por crimes com armas de fogo e de fornecerem “apoio material” a um ato terrorista, na qualidade de membros do grupo paramilitar The Wolverine Watchmen.

Durante os meses mais difíceis da pandemia de Covid-19, a governadora foi criticada por grupos conservadores e milícias de extrema-direita, e até pelo então Presidente, o republicano Donald Trump (2017-2021), por impor o encerramento da atividade comercial e proibir aglomerações no seu Estado.

LUSA/HN

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Centro de Saúde de Óbidos reabre na sexta-feira

O Centro de Saúde de Óbidos vai reabrir na sexta-feira, após uma requalificação de mais de meio milhão de euros financiados Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), informou a Unidade Local de Saúde (ULS) do Oeste.

Papa levado para o hospital para fazer exame médico

O Papa Francisco foi levado hoje a um centro médico ligado do hospital Gemelli, na ilha Tiberina, em Roma, para um exame médico após a audiência geral no Vaticano, disseram fontes do Vaticano à agência de notícias ANSA.

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights