Anunciado vencedor do Prémio Boas Práticas em Saúde

24 de Outubro 2023

O projeto "Abordagem multidisciplinar no tratamento urgente das  fraturas do fémur proximal no idoso: transformação da realidade em indicador de saúde" foi o vencedor do Prémio Boas Práticas em Saúde.

A iniciativa desenvolvida pelo Centro Hospitalar Universitário de São João teve como foco as fraturas do fémur proximal no idoso.

De acordo com António Nogueira Sousa, “este é um problema de saúde pública a nível mundial com custos económicos e sociais elevadíssimos”.

As fraturas do fémur proximal estão, por outro lado, associadas “a uma morbilidade e uma mortalidade bastante significativa.”

“As pessoas não têm noção, mas um terço dos doentes morre no primeiro ano depois de fazer uma fratura. É por isso que algumas publicações internacionais sugerem que se estas pessoas forem operadas nas primeira 48 horas, esta taxa de mortalidade poderia diminuir significativamente”, realçou o especialista.

Segundo Nogueira Sousa, “os grandes hospitais, como o Hospital São João, não conseguem atingir os 80% dos doentes operados nas primeiras 48 horas que é o indicador de qualidade assistencial que está definido”.

Atendendo a esta realidade o projeto surge como uma solução, através de uma abordagem multidisciplinar onde são incluídas várias especialidades médicas.

Sobre o prémio, o galardoado garante: “Não desenvolvemos estes projetos a pensar no prémio… Pensamos é nos doentes. É esse o nosso principal objetivo, mas é claro que estamos muito agradecidos pelo reconhecimento do nosso projeto.”

“Este prémio, do nosso ponto de vista, deve ser utilizado para disseminar a nossa ideia e vermos replicado noutros hospitais”, concluiu.

O evento decorreu hoje no Centro de Congressos de Lisboa.

HN/Vaishaly Camões

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

ÚLTIMAS

Trabalhadores do Hospital de Braga não querem regressar à Parceria Público-Privada

Os trabalhadores do Hospital de Braga não querem regressar à Parceria Público-Privada (PPP), garante Camilo Ferreira, coordenador da Comissão de Trabalhadores, que recordou, em conversa com o HealthNews, a exaustão dos profissionais naquele modelo de gestão e, como Entidade Pública Empresarial (EPE), a melhoria das condições de trabalho e do desempenho.

Governo quer “articulação virtuosa” entre entidades de saúde

O Governo está a avaliar as atribuições de entidades como a Direção-Executiva do SNS, a DGS e o Infarmed para garantir “uma articulação virtuosa” que consiga diminuir a burocracia e concretizar as políticas de saúde, anunciou hoje a ministra.

Menopausa: Uma doença ou um processo natural de envelhecimento?

A menopausa foi o “elefante na sala” que a Médis trouxe hoje ao Tejo Edifício Ageas Tejo. O tema foi abordado numa conversa informal que juntou diversos especialistas. No debate, os participantes frisaram que a menopausa não é uma doença, mas sim um “ciclo de vida”. 

MAIS LIDAS

Share This
Verified by MonsterInsights